Conmebol confirma final da Libertadores 2020 no Maracanã

Compartilhe

A Conmebol anunciou nesta quinta-feira, 17, em reunião em sua sede, em Assunção, no Paraguai, que o Maracanã será palco da final da Copa Libertadores da América de 2020, confirmando os recentes rumores. A decisão, que assim como a de 2019 será em jogo único, acontecerá no dia 21 de novembro, um sábado, e celebrará os 70 anos da construção do estádio carioca, erguido para a Copa de 1950.

A Conmebol também elegeu o estádio Mário Kempes, em Córdoba, na Argentina, como sede da decisão da Copa Sul-Americana. O Maracanã venceu a concorrência de outros cinco estádios do Brasil (Mineirão, Arena do Grêmio, Beira-Rio, Morumbi e Arena Corinthians), além do próprio Mário Kempes e do Estádio Nacional de Lima, no Peru.

Esta será apenas a segunda vez que o campeão da Libertadores erguerá o troféu no Maracanã. A primeira foi em 2008, com a LDU, do Equador, que bateu o Fluminense nos pênaltis.

Seguindo o padrão utilizado pela Uefa na Liga dos Campeões, a Conmebol passou a adotar a final em jogo único e sede escolhida com antecedência a partir de 2019.

A final deste ano, que será entre um clube brasileiro (Flamengo ou Grêmio) e um argentino (River Plate ou Boca Juniors) será dia 23 de novembro, em Santiago, no Chile. Já a final da Sul-Americana entre Colón, da Argentina, e Independiente Del Valle, do Equador, acontece em 9 de novembro, em Assunção, no Paraguai.


Leia Também Conselheiros do Passo Fundo Futsal garantem instalação de elevador do CACC Hospital de Clínicas recebe doação de mechas de cabelo para perucas às pacientes de Oncologia Quatro jogadores do Inter testam positivo para Covid-19 Em resposta ao governador, Grêmio decide treinar em Santa Catarina