Coordenação da APAE Passo Fundo fala sobre projetos futuros

Compartilhe

No programa Comando Popular desta segunda-feira (02), o comunicador Patric Cavalcanti conversou com a presidente da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), Estelamar Roani e com o pai de aluno e também integrante da coordenação, Odilair Dal Prá.

A presidente falou sobre o calendário da APAE 2020 que já está sendo vendido, nesta edição, com as fotos de pessoas que contribuem com os trabalhos, ao lado dos alunos. O valor é de R$ 10.

Eles estão à venda nas lojas Play Tennis, Studio Woman, Manno Escobar Cabeleireiros, Delta Livraria e Papelaria, Centro Espírita de Caridade Dias da Cruz e na própria entidade. A meta é superar a marca dos 10 mil calendários vendidos.

Recentemente foi eleita como a nova presidente da associação, a senhora Maria do Carmo Ortolan Grazziotin, que assumirá as atividades no início do próximo ano. Estelamar permanece na diretoria, como secretária.

“Não tem nada hierárquico, todo mundo põe a mão na massa”, disse a atual presidente.

Vários projetos estão em andamento visando o bem-estar dos alunos, dentre eles, alterações buscando a agilidade do transporte. Atualmente dois ônibus são utilizados pela APAE. Também está sendo arquitetado o projeto para alunos autistas.

Em 2019, pensando em reduzir as despesas mensais, a APAE de Passo Fundo passou a utilizar a energia solar. As placas fotovoltaicas foram adquiridas através de um projeto aprovado pela Justiça Federal, responsável pela destinação da verba, em dezembro de 2018.

A energia solar é captada através de 85 painéis fotovoltaicos instalados em uma parte do telhado da sede da Instituição. O valor médio pago na conta de energia elétrica era de R$3.500,00, atualmente, é gasto cerca de R$ 500.

Ouça a entrevista:

  • Entrevista | APAE | parte 1
  • Entrevista | APAE | parte 2

Leia Também Ciclovia da Avenida Brasil receberá nova iluminação da Prefeitura Consulta aos valores do IPTU já pode ser feita pela internet Ciclovia da Avenida Brasil receberá nova iluminação da Prefeitura Com novo IPTU, cerca de 13 mil imóveis terão imposto reduzido