Aluno é alvo de agressões e bullying em Ernestina

Compartilhe
Na manhã desta terça-feira, 03, a Brigada Militar de Ernestina foi despachada para comparecer na Escola Educarte, naquele município, local onde estaria ocorrendo agressões contra um dos alunos, ocasionadas por colegas.

Quando os PMs chegaram ao local, conversaram com a diretora do educandário que confirmou o fato. Alguns alunos, menores de idade , haviam agredido e praticado bullying contra um colega, o chamando de "mulherzinha", "viado" e outras ofensas de baixo calão. Foi constatado que essa prática está sendo frequente, inclusive em outras oportunidades, pais já foram chamados para comparecer na escola, mas o problema continua. 

A direção ligou para os pais de dois menores que estavam praticando o bullying, mas não conseguiu o contato, dessa forma, entrou em contato com o Conselho Tutelar do município que compareceu no local. 

Devido ao fato da Delegacia de Ernestina estar atendendo somente a tarde, a ocorrência foi registrada em Passo Fundo, para que as medidas fossem tomadas. 

Uma filmagem foi feita por um colega. As imagens serão usadas na investigação do caso.

Os nomes das partes não serão divulgados, por se tratarem de menores de idade.

Créditos: Bruno Reinehr/Rádio Planalto News

Leia Também Cresol não vai aderir à tarifa sobre o cheque especial Professor de Soledade que morreu no litoral será sepultado nesta quarta-feira Ernestina anuncia ampliação do sistema de videomonitoramento Tapejara: morre vereador Zalmair Roier