Sobre a educação

Postado por: Ari Antônio dos Reis

Compartilhe
A educação é importante e os professores também. 
Temos acompanhado a reação da sociedade ao projeto publicado pelo Governo do Estado em relação aos funcionários públicos, atingindo de forma mais direta os profissionais da educação.  Neste caso, tomemos o cuidado de não analisar a questão de forma isolada ou a partir de interesses particulares
O Brasil tem se caracterizado pelo desleixo em relação à educação, sobretudo de parte do Governo Federal.  Algumas iniciativas pontuais não têm sido suficientes para suprir o déficit histórico. Para agravar a situação, no ano de 2016 foi aprovada a PEC 95 que autorizou o limite de gastos do governo e esta lei também atingiu os gastos com educação. O atual chefe do Ministério da Educação tem se protagonizado mais por revelar disparates e preconceitos divulgados em redes sociais do que por apresentar projetos consistentes voltados ao ensino. É o cenário atual da educação no Brasil. 
Estas dissonâncias repercutem nos níveis de aprendizado dos alunos do ensino fundamental e médio e interferem também na qualidade do trabalho nas universidades.  Os governantes ainda não estão convencidos da necessidade de investimento na educação. Seria um investimento que abriria caminhos promissores para o Brasil. Um jovem bem formado em todas as dimensões é riqueza imensurável. O investimento favorece não só o jovem, mas a nação.  Não é um gasto sem sentido, que não dá retorno. O investimento abre caminhos, sugere outros processos, dá retorno. Os valores não se perdem, mas se transformam em oportunidades.  
No caso do nosso estado, vê-se a continuidade do parcelamento salarial que também atinge os profissionais da educação.  É muito difícil um profissional trabalhar com zelo e equilíbrio emocional, ganhando pouco ou com salário atrasado. Os profissionais da educação precisam comer, vestir, morar e pagar seus encargos financeiros. Precisam viver com dignidade. Quem é assalariado sabe o que significa a falta de dinheiro no final do mês.  
Sejamos solidários aos professores nas suas ações para salvaguardar direitos. Compreendamos a importância da educação para o futuro de um país. Uma boa educação se estrutura com profissionais respeitados e valorizados pelo que fazem. 

Leia Também A vida de Jesus celebrada em três momentos pela comunidade cristã Pessoas se isolam, seus direitos, não! Depois que enriquece Semana Santa