Vereador Tchêquinho decide sair do PSL

Compartilhe
(Foto: Divulgação / Câmara)   (Foto: Divulgação / Câmara) 

Tchêquinho havia se filiado no PSL em maio deste ano.

O vereador Renato Tiecher, o Tchêquinho, comunicou nessa segunda-feira (09) estar decidido sobre sua saída do PSL, ex-partido do presidente da República, Jair Bolsonaro.

O parlamentar comunicou através de mensagem, a sua decisão:

“Com muito respeito pela executiva do PSL de Passo Fundo, mas a nível da executiva estadual e Federal, não me sinto à vontade nesse partido, não ocuparei mais o tempo da sigla PSL na câmara, e não concorrerei mais pela sigla, repito, meu desconforto é a nível federal e estadual” disse Renato.

Segundo o vereador, a atitude de dois dos quatro deputados federais do PSL, ao votarem a favor do aumento das verbas de campanha, motivou fortemente sua saída.

 "Não admito político usar dinheiro do povo para fazer campanha política," afirmou.

Ao que tudo indica, o vereador deve ingressar no novo partido, “Aliança pelo Brasil”, já que o mesmo afirma seguir os mesmos princípios de Jair Bolsonaro.

Leia Também Eleições municipais: votação deve ser estendida em pelo menos uma hora Usuários poderão ocultar propaganda política no Facebook e Instagram Deputado Bibo Nunes é condenado a indenizar Jean Wyllys Vereadores: audiência pública virtual debate receitas e despesas para 2021