Efrica: Prefeitura encaminha projeto de lei para concessão da área

Compartilhe
(foto: BM / divulgação)   (foto: BM / divulgação) 
Foi encaminhado pelo executivo à Câmara de Vereadores o projeto de lei que autoriza contrato de concessão do Parque de Exposições Wolmar Salton (Parque da Efrica) à iniciativa privada. A área de cerca de sete hectares está localizada à BR 285, na saída para Lagoa Vermelha. Se a Casa Legislativa der parecer favorável, em seguida será publicado edital de chamamento público.

O prefeito de Passo Fundo, Luciano Azevedo, entende que o dinheiro público deve ser aplicado em ações diárias e serviços para toda a comunidade. “A área será melhor utilizada por quem queira e tenha condições de promover eventos e também fazer a manutenção do local. Para o poder público isso é inviável, pois devemos nos concentrar nos serviços em áreas como saúde e educação para a população”, explicou.

Atualmente, o Parque da Efrica conta com uma estrutura de pavilhões em alvenaria e estruturas metálicas, sanitários, palco de shows e as instalações estão em desuso. O espaço seria repassado por meio concessão, permissão ou autorização para terceiros, como empresas, organizações/entidades e outros interessados para realizar eventos como feiras, exposições, shows entre outros eventos públicos, já que para o município a manutenção é muito onerosa devido à baixa utilização de eventos.

Conforme o secretário de Desenvolvimento, Carlos Eduardo Lopes da Silva, a destinação da área não será diferente do que é permitido hoje, ou seja, para shows e exposições. “Não poderá ser utilizado para uso comercial, industrial ou de serviços em virtude da sua localização, no berço das águas e próximo à pista do aeroporto”, explica o secretário.

Parecer favorável do Conselhão
Em reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social de Passo Fundo (CDES-PF), em setembro, foi aprovada por unanimidade dos conselheiros a proposta de oferecer o Parque Wolmar Salton como concessão de uso à iniciativa privada, nos moldes do ginásio do Teixeirinha e da antiga estação da Gare.

Leia Também Justiça suspende trabalho presencial de médicos do INSS Todos com o Erick: bebê atingido por disparo recebe alta hospitalar Nota de R$ 200: Defensoria Pública do DF pede que Banco Central mude tamanho da cédula Revista Time coloca Bolsonaro e Felipe Neto entre as 100 pessoas mais influentes do mundo