Coleta seletiva nas escolas recolhe 18 toneladas de resíduos em 2019

Compartilhe

O Projeto Coleta Seletiva nas Escolas, da Tetra Pak, surgiu no contexto da temática ambiental, preconizando a utilização dos recursos em ações de educar para a sustentabilidade. Em Passo Fundo, com o apoio das secretarias de Meio Ambiente e de Educação da Prefeitura de Passo Fundo e do Projeto Transformação, 10 escolas participam da iniciativa. O resultado de 2019 foi o recolhimento de 18.800 quilos de embalagens recicláveis, com 3.500 alunos participantes.

O objetivo geral é implantar a coleta seletiva nas escolas e promover atitudes sustentáveis que são desenvolvidas em atitudes diárias de respeito ao meio ambiente, além de ampliar o interesse por projetos ambientais. O projeto tem como foco o recolhimento das embalagens tetra pack para a reciclagem, mas os pontos também recebem outros tipos de materiais. Todas as escolas participantes bateram a meta e receberão a compra de algo que a escola precisa no valor de R$ 2.000,00, com custeio da própria empresa.

O coordenador pedagógico da Secretaria de Educação, Leocir Thome, “a educação ambiental nas escolas busca preparar cidadãos conscientes das questões ambientais, contribuindo para a preservação do meio ambiente. As discussões desenvolvidas nas escolas através do projeto estimulam os alunos e toda a comunidade escolar a disseminar o aprendizado através da prática no dia a dia”, observa.

Para o secretário de Meio Ambiente, Rubens Astolfi, a implantação de novos 10 pontos de coletas nas escolas amplia e cumpre metas do município. “Entendemos essa iniciativa da Tetra Pack como muito importante, sendo parte da responsabilidade da empresa com a logística reversa das embalagens. Conseguimos ampliar a abrangência da coleta seletiva ajudando as cooperativas de recicladores em suas rendas e em direção às metas estabelecidas no Plano Municipal Integrado de Resíduos Sólidos, que tem como uma das metas a educação ambiental e coleta nas escolas”, destaca.

Participaram as escolas de ensino fundamental Leão Nunes de Castro, Guaracy Barroso Marinho, Santo Antônio, Santo Agostinho, Arlindo de Souza Mattos, Fredolino Chimango, Coronel Lolico, Benoni Rosado, São Luiz Gonzaga e Georgina Rosado.

(Fotos: Divulgação)

 

Leia Também Ernestina: perdas nas lavouras pela estiagem chegam a 55% Ernestina decreta Situação de Emergência devido à estiagem UneSul retoma linha aos domingos entre Ibirapuitã e Passo Fundo Mais de 10km de estradas do interior de Ernestina revitalizadas em janeiro