Batalhão Ambiental realiza operação de combate à pesca predatória em Ernestina

Compartilhe
O 3° Batalhão Ambiental da Brigada Militar (BABM), através do 1° Pelotão Ambiental de Passo Fundo, realizou nesse sábado, 28, a Operação Embarcada, tendo por local o alago de Ernestina.  A ação, realizada em conjunto com o  Grupamento de Proteção Ambiental  de Passo Fundo e  Carazinho, contou com fiscalização  de  combate à  pesca  predatória, caça  ilegal  e  outros  crimes ambientais.

Foi efetuado, dessa forma,  patrulhamento  na  orla, com abordagem em  acampamentos  e  pescadores que se encontravam  embarcados e acampados. Foram identificadas  15  pessoas, sendo confeccionado um boletim de ocorrência policial para aqueles que estavam efetuando pesca irregular. Além disso, elaborou-se   termo  de  apreensão dos apetrechos de pesca, com apreensão de 458  metros  de  rede de diversas malhas   e devolução de 28  unidades  de  peixes  ao  ambiente  aquático. Dentre  as  espécies estavam cascudos, traíras e jundiás.

De acordo com 1° Tenente Niquelle, Cmt do 1°Pel., até o dia 31 de janeiro prossegue a época da piracema. Dessa forma, esse tipo de pesca é proibido.

---
Fotos: Divulgação

Leia Também Concedida liberdade condicional para suspeito de participação no desaparecimento de jovem em Soledade Carro atinge parede de padaria no Bairro São Luiz Gonzaga Covid-19: Secretaria Municipal de Saúde confirma mais um óbito e Passo Fundo totaliza 86 mortes Ministério Público oferece denúncia contra ex-vice-presidente jurídico do Internacional e outras seis pessoas