Viagem segura

Postado por: Gilnei Fogliarini da Costa

Compartilhe

Enfim chegamos ao final de mais um ano, época em que muitos pegam as estradas, viagens para encontrar as famílias, para comemorar ou mesmo para descaçar. Época de festas, comidas e bebidas das mais variadas. Comemorações alegria, euforia e diversão, família e amigos reunidos, as festas se prolongam e para acompanhar muitos desfrutam e se passam nas bebidas alcoólicas.

Aquilo que era para ser festa e alegria, muitas vezes termina em tragédia, principalmente quando há combinação de álcool e direção. Não importa o percurso que for fazer, seja na cidade, interior ou rodovias, quando ingerir bebidas alcoólicas não dirija. Números estatísticos evidenciam que o consumo de bebidas alcoólicas é um dos principais fatores que contribuem para as ocorrências de acidentes de trânsito fatais.

Precisamos conhecer o risco que é estar embriagado ao volante. Mesmo as pequenas porções afetam a habilidade e a percepção do motorista, geram perigos eminentes como reações lentas e a falta de discernimento quanto à velocidade e distância do próprio carro e de outros veículos, o que podem ser causas de acidentes fatais. Esta percepção deve partir de cada indivíduo que entra no carro, do motorista e dos passageiros. Precisamos estar atentos ao perigo que é ter alguém embriagado ao volante.

A dica é simples “SE BEBER NÃO DIRIJA”, ande de carona com amigos ou parentes que não tenham bebido, solicite um taxi ou aplicativo, ou ande de ônibus, seja consciente, evite acidentes. Para aqueles que não bebem, também fica a dica, não deixe que aquele que bebeu dirija, ajude ele e preserve muitas vidas.

 

Leia Também A perseverança do cachorro Será que estou com Depressão? Pentecostes Semana de Oração pela Unidade Cristã