Temperaturas batem recorde em Passo Fundo

Compartilhe

A onda de calor que há dias castiga o Rio Grande do Sul favorece mais um dia de sol e altos índices de radiação ultravioleta em grande parte das regiões. Vendavais e episódios de chuva forte atingiram o estado, nesse domingo, mas a onda de calor persiste. Um esperado refresco só deve chegar nos primeiros dias de 2020.

Em Passo Fundo, os termômetros marcaram no domingo e devem voltar aos 34°C nesta segunda-feira, 30. Algumas precipitações foram verificadas na tarde de domingo, mas foram isoladas. Em algumas áreas quase nada choveu.

Pelo estado, as temperaturas mínimas nesta segunda foram de 18°C em São José dos Ausentes e os 20°C no Chuí. Já as máximas podem alcançar 40°C em Santa Maria e 41°C em Santa Rosa. No litoral Norte, os termômetros devem marcar entre 21°C e 31°C. Em Porto Alegre, a temperatura se alterna entre 23°C e 39°C.

Nesse domingo o Rio Grande do Sul chegou ao quarto dia consecutivo com marcas de temperatura acima de 40°C. Na quinta-feira, 26, a temperatura máxima chegou a 40,4°C em Teutônia, e no dia 27, sexta, a 41,4°C, também em Teutônia. Já no sábado a máxima atingiu 41,4°C em Santa Cruz do Sul e no domingo chegou a 40,7°C também em Santa Cruz.

O município de Bagé teve a marca histórica de 40,9°C, a maior dos últimos 76 anos, na sexta e no sábado. O calor favoreceu a formação de núcleos isolados de chuva e temporais que provocaram vendavais e granizo em cidades do Noroeste e da região Central.

Em Arroio do Tigre choveu 50 mm. Em Guarani das Missões, o vendável derrubou árvores e destelhou uma escola. A onda de calor ainda atinge seu pico, sobretudo, em cidades da faixa Central e em pontos do Norte com máximas que poderão ser históricas, inclusive na Capital.

Uma frente fria deve chegar na quarta-feira ao estado, reduzindo em média as temperaturas em cinco graus.

Leia Também Venezuela anuncia retirada de seis zeros da sua moeda nacional Câmara inicia sessão para votar projeto de privatização dos Correios Produtos de higiene são entregues à Fundação Lucas Araújo Empresários aguardam a retomada do setor de eventos no Rio Grande do Sul