Liminar impede posse de Elenir Winck como presidente do MTG

Compartilhe

A candidata Elenir Winck, da cidade de Panambi, de 61 anos, foi anunciada na noite desse sábado, 11, como vencedora na disputa para a presidência do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG). Foi a disputa para se escolher a primeira mulher a liderar o tradicionalismo no estado em todos os tempos.

Após um incrível empate nos votos com a passo-fundense Gilda Galeazzi (530 x 530), observou-se o critério da maior idade dentro do conselho da chapa. Foi anunciada a vitória para Elenir Winck. Entre brancos e nulos, foram cinco votos. 

A eleição aconteceu no Congresso Tradicionalista Gaúcho em Lajeado, no Vale do Taquari. 

Entretanto, a partir de liminar obtida pela chapa de Gilda Galeazzi na manhã deste domingo junto à Justiça de Lajeado, houve o impedimento para a posse de Elenir. A posse aconteceria ao lado dos coordenadores das regiões tradicionalistas.

A defesa entende que Gilda deveria ser declarada vencedora por ter mais idade, 64 contra 61 de Elenir. 

Os desdobramentos terão sequência nos próximos dias.

Leia Também Começa na Planalto News o programa Santa Madre Disco Club Sexta-Feira tem live direto do CTG Dom Luiz Felipe de Nadal Cantata Natalina não será apresentada em 2020 Secretaria Municipal de Cultura abre cadastro para profissionais e equipamentos