Justiça determina posse de Gilda Galeazzi no MTG

Compartilhe

A juíza Carmen Barghouti, da 2ª Vara Cível do Fórum de Lajeado, acaba de determinar a posse da passo-fundense Gilda Galeazzi como presidente do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG). 

Assim, a magistrada acolhe o pedido de tutela de urgência em sede de liminar de ação popular.


ACOMPANHE O TEXTO DA DECISÃO DA JUIZA:

"Quando ao perigo de dano ou o resultado útil do processo, encontra-se presente, tendo em vista que a diretoria antiga não possui mais poderes de gestão, após a eleição de 11/01/2020, não podendo a entidade ficar acéfala, bem como seus atos desde então podem ser objeto de futuras ações de nulidade. Por óbvio o MTG, entidade que rege a cultura gaúcha, tem deveres e obrigações que dependem de autorizações e deliberação de sua Diretoria, a qual, diante da situação, encontra-se prejudicada. 

 Diante do exposto, acolho o pedido de tutela de urgência, visto que consequência lógica da decisão proferida em sede de liminar na Ação Popular, para determinar, imediatamente, a posse da chapa 02, que possui como cabeça de chapa, a autora da presente ação GILDA GALEAZZI, de modo que seja possível a composição da diretoria do MTG, com presidente, vice-presidentes e os conselheiros eleitos na condição de titulares e suplentes".


Gilda comemorou a vitória, nas redes sociais:


Leia Também Justiça derruba liminar e determina volta dos peritos às agências do INSS Segundo ano sem horário de verão divide opiniões dos brasileiros Sistema do TSE pretende permitir voto pela internet em futuras eleições Centro de Distribuição da Amazon no Rio Grande do Sul abre seleção para 700 vagas