Centro de Valorização da Vida de Passo Fundo completa 1 ano

Compartilhe
O programa Na Ordem do dia desta terça-feira, 28, o comunicador Ben Hur Borges recebeu as voluntárias do Centro de Valorização da Vida (CVV) de Passo Fundo, Isabel e Cláudia. Elas falaram sobre o trabalho que a organização presta para a comunidade.

O CVV é uma organização sem fins lucrativos, que faz um atendimento de escuta sigilosa e gratuita para qualquer pessoas que precise conversar. A central da organização se localiza em São Paulo, e ela que faz a distribuição das ligações para todo o país através do número 188.

Cláudia explica que o pessoal que faz esta distribuição é extremamente preocupado com o sigilo das pessoas que fazem os chamados, portanto, é muito raro que a ligação efetuada seja atendida por um posto da mesma região.

O atendimento funciona 24h por dia e não tem nenhum custo para o chamador. São 120 postos espalhados por todo o Brasil e cerca de 4.000 voluntários no total.

O posto de Passo Fundo completou um ano de funcionamento no dia 21 de janeiro e se localiza em um espaço dentro do Hospital Municipal e conta com uma equipe de 28 voluntários que trabalham nos plantões de atendimentos, além de 5 pessoas para apoio.

Isabel fala que os voluntários estão sempre disponíveis para ouvir as pessoas que entram em contato, independente do problema. A pessoa que liga tem um espaço para falar sobre suas angústias, dores e sofrimentos.

"São pessoas as vezes muito solitárias e próximas de tirar a sua própria vida por conta de tanta dor. Então a gente atende essa pessoa, acolhe, nós não fazemos direcionamentos nem aconselhamentos, estamos ali para ouvi-la, é um trabalho humanitário.", comenta ela.

Cláudia explica que é um trabalho de escuta, onde a CVV coloca sempre o outro em primeiro lugar.

"Quando a gente começa a participar a gente vê a importância do CVV, vemos o quanto as pessoas estão em sofrimento e a necessidade da existência do CVV e como é gratificante ser um voluntário, independente de quantas pessoas você ajudou, mas só pelo fato de você estar la escutando aquela pessoa que necessita só ser ouvida já é muito gratificante.", finaliza ela.

Leia Também Troco Solidário da Havan Passo Fundo arrecada R$ 55 mil para a ONG Amor Iniciam hoje as inscrições para cursos da Universidade Popular Milhares de estudantes voltam às aulas na UPF Jackie Chan oferece R$ 615 mil por 'cura' contra coronavírus