Câmara faz mobilização para destinar parte do Imposto de Renda para projetos sociais

Compartilhe

Por lei, parte do Imposto de Renda devido pode ficar nos municípios e ajudar entidades assistenciais e viabilizar projetos sociais. Mas, segundo a Receita Federal, no ano passado apenas 5% deste valor ficou em Passo Fundo.  Para estimular as doações, a Câmara Municipal de Vereadores, junto com o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente (Comdica) e o Conselho Municipal do Idoso (Comui), fará uma ampla mobilização. A primeira ação acontece na manhã desta quarta-feira (04), no Plenário Sete de Agosto.

O evento reúne entidades de classe como a Associação Comercial, Industrial, de Serviços e Agronegócio (Acisa); a Câmara de Dirigentes Lojistas de Passo Fundo (CDL); o Sindicato das Indústrias de Construção do Mobiliário (Sinduscon); também o Sindicato do Comércio Varejista (Sindilojas) e Sindicato dos Técnicos em Contabilidade e Contadores de Passo Fundo (SindiContábil); além da Receita Federal, Prefeitura e instituições que podem ser beneficiadas com a destinação do imposto.  “Queremos lançar a campanha ‘Declare que você é do bem’, vamos reforçar a importância de reter no município cerca de R$ 12 milhões e usar estes recursos para mudar a vida de crianças, adolescentes e idosos e também investir na cultura”, afirmou o presidente do Legislativo, vereador Saul Spinelli (PSB).

O encontro é aberto a toda a comunidade interessada em ajudar uma entidade sem ter que desembolsar mais dinheiro, usando apenas o valor do imposto devido.  “Nós temos um potencial muito grande de arrecadação, mas falta informação sobre como destinar, por isso precisamos de mobilizações como esta”, declarou Marlon Moraes, auditor da Receita Federal de Passo Fundo.


Leia Também Prazos eleitorais começam a alterar formação do governo municipal Câmara de Vereadores aprova cinco matérias em sessão virtual Deputado federal quer o cancelamento das eleições em 2020 Projeto que prevê redução no IPTU já está na Câmara