Preço da soja é um dos mais altos da história

Compartilhe

A cotação da soja na região de Passo Fundo, chegou a R$ 85,00 a saca na tarde dessa segunda-feira (16). Preço de balcão, aquele pago ao produto entregue no cerealista e na cooperativa. É um dos mais altos da história. Preço nesse montante só foi registrado em junho de 2016, quando o mercado saiu fora da curva. O valor atual foi puxado pelo dólar que também bate recorde na história do Plano Real, chegando a R$ 5,00.
O problema é que o produtor gaúcho tem pouca soja para vender. Com a estiagem, em média, ele terá a metade do volume que previa. Algumas lavouras até produziram cerca de 50 sacas por hectare, mas as que estão sendo colhidas atualmente, estão rendendo, 15, 20, 30 e 40 sacas por hectare, muitas não cobrindo o custo de produção que fica na faixa de 22 sacas por hectare. Em outros estados, no entanto, onde não houve estiagem, o produtor está aproveitando para aumentar seus rendimentos com a soja.

Histórico dos preços no últimos cinco em Passo Fundo
No mesmo período do ano passado, a soja foi vendida a R$ 70,00. Em meados de março de 2018, também esteve em R$ 70,00. Em março de 2017, foi comercializada a R$ 62,00, e um ano atrás a R$ 68,00. Cinco anos atrás, em março de 2015, o preço pago ao produtor nesse período de março oscilou na faixa de R$ 58,00.

(Fonte: Editoria de Agricultura e Pecuária das Rádios Planalto News 92.1 e 105.9)

Leia Também Agricultores mantêm dedicação total para a colheita da safra Estiagem: fertirrigação é uma tecnologia para enfrentar o problema Exportações de grãos do Brasil não devem ser afetadas; Bolsas reagem na Europa Cresol encaminha cancelamento de pré-assembleia em Passo Fundo