Prazos eleitorais começam a alterar formação do governo municipal

Compartilhe

Em função dos prazos da Justiça Eleitoral para as eleições, algumas secretarias da Prefeitura de Passo Fundo começam a ter alteração de comando. A primeira é a Secretaria de Cidadania e Assistência Social. O atual secretário, Wilson Lill, deixa o cargo para concorrer e a secretária adjunta, Elenir Chapuis, assume o comando da pasta  a partir de abril. Na função de secretária adjunta assume a psicóloga Vanessa Domingues Ilha.

“Sinto-me honrada pela oportunidade de dar segmento ao trabalho que tenho realizado como servidora do município. Agradeço a confiança do prefeito Luciano, que tem uma preocupação com a característica do serviço prestado na assistência social. Com esta oportunidade há reconhecimento como mulher, servidora pública e assistente social”, destaca Elenir.

Ainda, segundo ela, a secretaria demanda um trabalho intenso e direto com as pessoas, em momentos de fragilidade como este que o mundo todo enfrenta. “O meu desejo é sempre contribuir, dar continuidade ao trabalho realizado pelos secretários anteriores e estar perto da população”, finaliza.

Currículos

Elenir Chapuis

Formada em Serviço Social pela Anhanguera, é funcionária pública desde 2003, tendo trabalhado nas casas de acolhimento do município como monitora e coordenadora e nos projetos, programas e oficinas da Secretaria de Cidadania e Assistência Social com crianças e adolescentes.

Ainda, foi conselheira tutelar por cinco anos, assumindo também a coordenadoria do Conselho Tutelar Microrregião II. De 2013 até março de 2020, atuou como secretária adjunta e coordenadora de Proteção Social Especial da pasta.

Vanessa Domingues Ilha

É psicóloga, docente na IMED e doutoranda em Psicologia pela Universidade São Francisco (USF – Campinas). É também mestre em Envelhecimento Humano pela UPF e especialista em Psicologia Clínica pela IMED. Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Relações Interpessoais, atuando principalmente nos seguintes temas: criança e adolescente e prevenção ao uso de drogas.

Já foi presidente do Conselho Municipal sobre Drogas (COMAD) do município de 2009 à 2012 e indicada em 2009 pela Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad) ao prêmio Mérito pela Valorização da Vida. Trabalhou oito anos na Secretaria de Educação, principalmente com prevenção no âmbito escolar, e dois anos na Secretaria de Saúde, no Caps II.

Leia Também Câmara de Vereadores aprova cinco matérias em sessão virtual Deputado federal quer o cancelamento das eleições em 2020 Projeto que prevê redução no IPTU já está na Câmara Câmara acata veto do Executivo a projeto sobre regularização de obras