Ex-presidente FHC critica Bolsonaro por "opiniões desastradas"

Compartilhe

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) afirmou na noite desta terça-feira, em sua conta no Twitter, que o presidente Jair Bolsonaro "repetiu opiniões desastradas sobre a pandemia" do novo coronavírus durante pronunciamento transmitido em cadeia nacional de rádio e TV. FH disse ainda que Bolsonaro "passou dos limites" ao discursar em oposição às recomendações de médicos infectologistas. Para o tucano, se o presidente "não calar" estará "preparando o fim".

"Eu não ia  voltar ao tema, mas o Pr repetiu opiniões desastradas sobre a pandemia. O momento é grave, não cabe politizar, mas opor-se aos infectologistas  passa dos limites. Se não calar estará preparando o fim. E é melhor o dele que de todo o povo. Melhor é que se emende e cale", escreveu FH.

No pronunciamento criticado por FH, Bolsonaro defendeu o fim das medidas de isolamento social tomadas por prefeitos e governadores para conter o avaço do novo coronavírus, que já deixou 46 mortos no país. Em seu terceiro discurso em menos de 20 dias para tratar da pandemia, o presidente pediu a reabertura do comércio e das escolas e o fim do "confinamento em massa".

Leia Também Homem usava tornozeleira falsa para atrair mulheres Na China, laboratório estatal vaza bactéria e contamina mais de 3 mil pessoas INSS: Associação Nacional de Médicos Peritos diz que profissionais não vão retornar no momento Mistério: pacotes com sementes supostamente da China enviados às residências