Coronavírus: Bolsonaro defende isolamento parcial

Compartilhe

O presidente Jair Bolsonaro afirmou  na manhã desta quarta-feira, 25, que pretende alterar o tipo de quarentena que tem sido recomendada  para impedir que o coronavírus se espalhe pelo país.
Segundo ele, a ideia é incentivar um isolamento “parcial”  e não “horizontal”, como estaria ocorrendo no Brasil.

Bolsonaro defendeu que a medida seja adotada para idosos e pessoas do grupo de risco, e que parte dessa responsabilidade cabe aos filhos.  Em entrevista concedida no Palácio da Alvorada, o presidente fez críticas ao Congresso.  Voltou a atacar os governadores de São Paulo, Jorge Dória (PSDB), e Wilson Witzel (PSC) e disse que até mesmo a “normalidade democrática” estaria sob ameaça.


Fonte: UOL

Leia Também Passo Fundo segue com dois casos de coronavírus e região não tem óbitos por Covid-19 Prefeitura de Farroupilha decide contrariar governador e abrirá comércio na segunda-feira Manifestação pede a reabertura do comércio em Não-Me-Toque Federasul manifesta posição contrária ao decreto do governador Eduardo Leite