Secretária de Saúde esclarece na Planalto News ações para garantir a vacinação de idosos

Compartilhe

A secretária municipal de Saúde de Passo Fundo, Carla Beatrice Crivelaro Gonçalves, concedeu entrevista ao comunicador João Altair, no programa Na Ordem do Dia, na manhã desta quinta-feira, 02.

Foram esclarecidas as dúvidas encaminhadas pela comunidade, em grande movimento em busca das vacinas, especialmente para os idosos, que gerou a formação de filas de automóveis durante a terça-feira. Como o atendimento ocorreu apenas à tarde, foi verificação a aglomeração em alguns locais, com o calor do período. As filas novamente se formaram na manhã de hoje, com a preocupação pela imunização. Desde às 5 horas, as pessoas já estavam aguardando pelo atendimento.

A secretária esclareceu que a remessa está sendo feita de forma fracionada. As doses estão sendo encaminhadas ao município pelo Ministério da Saúde com base na população ainda do Censo de 2010. Hoje, a parcela correspondente à terceira idade corresponde a 18,6% da população de Passo Fundo. Ao todo, serão destinadas ao município no período 18.634 vacinas.  A atual etapa de imunização compreende, ainda, os profissionais da área de Saúde.

As doses que chegaram ontem já se esgotaram, conforme o relato, como no CAIS Fragomeni. Seis mil foram disponibilizadas para a imunização nos cinco locais colocados em atividade. Na medida em que se encerra o lote de doses, será dada a informação à comunidade, informou. Em relação às comunidades do interior, a imunização está no calendário. Quem puder vir aos locais de vacinação poderão comparecer. A sequência da imunização está sendo elaborada, inclusive, com o apoio da Secretaria do Interior.

A secretária disse, também, que se preocupa com o grande número de idosos que estão circulando pelas ruas. Inclusive, um decreto que está sendo publicado pela Prefeitura de Passo Fundo estará fazendo a restrição desse público a partir de amanhã, sexta-feira.

A orientação, segundo Carla Beatrice, é para que os idosos que têm condições de ir até as unidades de saúde de carro, ou contam com familiares que podem fazer isso, façam a opção pelo deslocamento para receber a imunização no esquema 'drive-thru', ou seja, dentro do veículo. A principal preocupação é não causar aglomeração ou fazer as pessoas idosas, que são grupo de risco, circular pela cidade.  Os idosos que, de fato, precisam da equipe no domicílio por estarem acamados e que não tem condições de se deslocar de carro, devem ligar para o número (54) 3046-0153.  Atenção: quem já ligou e agendou a visita não deve ligar novamente, a equipe irá até a residência.


Fotos: Bruno Reinehr/Planalto News

Leia Também Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza será prorrogada até o dia 30 de junho A atuação multiprofissional no tratamento da covid-19: o papel da fonoaudiologia Reforma do Hospital de Olhos de Passo Fundo será finalizada Prefeitura de Coxilha adquire uma nova Van para a saúde