Confirmação do primeiro caso de coronavírus no RS completa um mês nesta sexta-feira

Compartilhe

Nesta sexta-feira, dia 10, completará um mês o primeiro caso confirmado de coronavírus no estado do Rio Grande do Sul.  Era uma terça-feira, sendo que na época até se chegou a discutir a realização de eventos, como o clássico Gre-Nal da Libertadores dois dias depois.

Em 10 de março, a Secretaria da Saúde (SES), por meio do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs), confirmou que um homem, de 60 anos, residente em Campo Bom se tornava o primeiro caso no Rio Grande do Sul. Ele histórico de viagem para Milão, na Itália, entre os dias 16 e 23 de fevereiro. 

O homem teve o diagnóstico confirmado como quadro clínico leve, sem a necessidade de internação hospitalar, permanecendo em isolamento domiciliar até a melhora dos sintomas. Nenhum familiar apresentou sintomas.

Até o dia 10 de março haviam sido notificados como suspeitos 190 casos no Estado. Além desse primeiro positivo, outros 103 tinham sido descartados para o novo coronavírus e 86 ainda permanecem em investigação.

Confira como foi o histórico do paciente, divulgado, durante a confirmação:

RELATO DO CASO 

- Homem, 60 anos, residente em Campo Bom

- Histórico de viagem para Milão (Itália)* entre 16 e 23 de fevereiro
- Início de sintomas de febre e tose em 29 de fevereiro
- Atendido em clínica privada de Novo Hamburgo em 1º de março
- Avaliação médica como quadro de sintomas leves
- Orientado a ficar em isolamento domiciliar até a melhora dos sintomas sendo monitorado pela vigilância epidemiológica do município
- Notificado ao Estado como suspeito em 2 de março
- Chegada das amostras de secreções das vias respiratórias ao Lacen/RS em 2 de março
- Realizados primeiros exames para painel de sete vírus respiratórios mais comuns no país (influenza A e B, parainfluenza, adenovírus e vírus sincicial respiratório) em 3 e 4 de março, todos com resultado negativo
- Análise específica para o novo coronavírus (SARS-Cov-2) em 9/3 com resultado positivo por meio de análise da carga genética do vírus
- Atual quadro de saúde do paciente é leve, persistindo ainda a tosse
- Nenhum familiar residente no mesmo endereço apresenta sintomas e seguirão sendo monitorados até completar 14 dias do início dos sintomas do caso positivo (até a próxima segunda-feira, dia 16 de março).
- Como já passou mais de 14 dias dos voos de regresso (período estimado de incubação da doença) não se preconiza a verificação da lista de passageiros para a busca ativa a outros suspeitos.



Foto: Governo do Estado/Divulgação

Leia Também Quase 3 mil vistorias realizadas para garantir o cumprimento de medidas contra o coronavírus Vacina contra o coronavírus será testada em brasileiros Boletim Coronavírus Rádio Planalto (03/06) Passo Fundo registra mais duas mortes por consequências de coronavírus