Formação para estudo inédito no RS acontece nesta sexta-feira na UPF

Compartilhe
Os pesquisadores e professores da Universidade de Passo Fundo (UPF), da Universidade Federal da Fronteira Sul (Uffs) e da Faculdade Meridional (Imed) participam, nesta sexta-feira (10), da formação para atuar no estudo populacional sobre a pandemia da Covid-19 no Rio Grande do Sul. A pesquisa é liderada pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel) e conta com a cooperação de diversas Instituições de Ensino Superior no estado. A formação ocorre a partir das 14h, no Centro de Eventos da UPF, e será transmitida de forma simultânea para outras nove regiões do RS que integram a pesquisa.

A coleta de dados será realizada a partir de sábado (11). Em Passo Fundo, 500 pessoas serão entrevistadas. Acesse aqui todos os dados (LINK PARA O PDF)

Pesquisa

A pesquisa se propõe a identificar a proporção de casos de infecção, incluindo pessoas sem sintomas, e a evolução da doença por meio de uma amostragem dos participantes nas regiões intermediárias do estado segundo critério do IBGE. Além de Passo Fundo, o estudo será desenvolvido em Pelotas, Santa Maria, Uruguaiana, Ijuí, Caxias do Sul, Santa Cruz do Sul, Porto Alegre e Canoas.

A pesquisa incluirá quatro inquéritos populacionais realizados a cada duas semanas por meio de visitas domiciliares, quando os participantes serão submetidos a um teste rápido para o vírus da Covid-19. Ao todo, serão aplicados 18 mil testes – 4,5 mil por rodada de exames, com distribuição de quinhentos por cidade e um mil para a região metropolitana de Porto Alegre.

Resultado

O resultado vai possibilitar um monitoramento da evolução da doença na população gaúcha, somando-se à já tradicional contagem de casos sintomáticos diagnosticados nos serviços de saúde. Será também possível fazer projeções mais acuradas sobre o cenário da pandemia. Os resultados vão informar estratégias públicas de enfrentamento da Covid-19 e fornecer parâmetros para decisões sobre medidas de isolamento social e estimativas de tempo para o retorno da população à sua vida normal.


Foto Ilustrativa: UOL

Leia Também Caixa libera saque da 2ª parcela do auxílio a quem nasceu em maio Quase 3 mil vistorias realizadas para garantir o cumprimento de medidas contra o coronavírus Vacina contra o coronavírus será testada em brasileiros Boletim Coronavírus Rádio Planalto (03/06)