Prestação de contas do carnaval

Postado por: João Altair da Silva

Compartilhe
Em fim passaram-se 10 dias e nada de prestação de contas do carnaval de Passo Fundo. O silêncio do poder público municipal e da CDL que promoveram o evento somente contribui para alimentar os comentários de que o carnaval custou R$ 800 mil. Dizem que somente o custo com a arquibancada foi de R$ 300 mil. O único cálculo lógico que nós povo podemos fazer diante da inércia dos promotores do evento é de que a receita com a bilheteria foi de R$ 30 mil, pois colocaram seis mil ingressos a R$ 5,00 cada um. E os camarotes? Quantos camarotes foram REALMENTE vendidos? Quem comprou? Quanto cada uma das empresas que patrocinaram, Semeato, etc.. contribuíram? Pois se o evento custou mesmo R$ 800 mil, mesmo que tenham arrecadado R$ 250 mil de camarotes e R$ 30 mil de bilheteria, ainda faltam uns R$ 500 mil para fechar as contas! Ou será que cada empresa patrocinadora colocou R$ 100 mil? Particularmente não acredito nisso. O que me chama a atenção é a falta de transparência. Não é porque “não teria sido financiado pela prefeitura” que o povo não mereça uma explicação.

Leia Também 33º Domingo do Tempo Comum. O Enart, de novo! A importância de ter uma recepcionista/secretária preparada em seu consultório. Feito é melhor que perfeito