O equilibrista

Postado por: Adalíbio Barth

Compartilhe

Um famoso equilibrista cruzava, com todo o cuidado, de um a outro lado, sobre um cabo de aço, estendido entre dois prédios. O tempo estava anunciando chuva e ventava um pouco. O público ficava atento aos mínimos detalhes que poderiam ser fatais para ele, que caminhava de um lado a outro, equilibrando-se apenas com uma vara.

Ele também desafiou o público a fazer a travessia, segurando a bandeira do país numa das mãos. Todos concordaram com suas capacidades. Apesar do vento, conseguiu realizar a prova, com êxito.

Depois desafiou os espectadores a atravessar com as duas bandeiras dos times rivais da cidade. Ninguém duvidou de sua competência e ele realizou todas as provas com perfeição.

Novamente foi ter com o público, para certificar-se se todos acreditavam no seu equilíbrio, atravessando agora, de um lado a outro, com um carrinho de mão.

Ninguém se manifestou. Todos silenciaram. Diante dessa descrença, ele gritou bem forte:

- Vocês acreditam ou não acreditam?

E o silêncio da multidão foi interrompido por uma voz feminina:

- Eu acredito! - Era uma jovem, professando sua fé.

- Então, você vem e senta dentro do carrinho!

Para a sorte de sua fã, iniciou a chover e a prova foi interrompida.

Leia Também O Desafio dos Gestores Organizacionais Eu e minha casa serviremos ao Senhor! (Josué 24,15) Semana Social Brasileira: terra, teto e trabalho – 2 Quem é Jesus para você?