Setor de eventos discute com Assembleia Legislativa a elaboração de calendário de retomada de eventos

Compartilhe


Desde o dia 13 de março, os eventos começaram a ser suspensos pelo estado do Rio Grande do Sul, com a decretação da pandemia por parte da Organização Mundial da Saúde (OMS).  A última grande exposição na região de Passo Fundo foi a Expogentil.

A preocupação com a falta de um possível calendário e de quando as atividades poderão ser retomadas trazem grandes preocupações ao setor. Em recente levantamento sobre o mercado de eventos responde por 4,3% do PIB, através de 60 mil empresas em toda a cadeia de serviços do estado. Garante a geração de quase 2 milhões de empregos diretos e terceirizados. O faturamento alcançado chega a R$ 209,2 bilhões, sendo R$ 48 bilhões em impostos para os cofres gaúchos.

Ontem, terça-feira, representantes do segmento realizaram videoconferência com o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ernani Polo, do PP. Começaram a ser discutir protocolos e um calendário para a retomada gradual das atividades. Compreendendo a necessidade de se evitar aglomerações para prevenir a saúde das pessoas, o setor defende regras diferenciadas de acordo com o porte de cada evento e tipo de local de realização.

A solicitação da reunião partiu do grupo Live Marketing, que congrega mais de 200 empresas do setor no Rio Grande do Sul. Ernani Polo destacou que a  Assembleia está preocupada com o funcionamento dos setores produtivos, tanto que realiza desde 26 de março o Fórum de Combate ao Colapso Social e Econômico.  Disse que o  setor de eventos, muito importante para a economia, foi um dos primeiros afetados e deve ser um dos últimos a retornar. Por enquanto, é preciso buscar alternativas e, em próximas etapas, envolver mais pessoas na discussão.

 Na reunião foi tratado, ainda, do pedido de apoio da bancada federal gaúcha para aprovar o projeto de lei 1.075/2020, que está sendo chamada de Lei de Emergência Cultural, que poderá garantir recursos de fundos federais para o setor no Rio Grande do Sul.

 

Leia Também Começa na Planalto News o programa Santa Madre Disco Club Sexta-Feira tem live direto do CTG Dom Luiz Felipe de Nadal Cantata Natalina não será apresentada em 2020 Secretaria Municipal de Cultura abre cadastro para profissionais e equipamentos