Profissionais da APAE realizam teleatendimento

Compartilhe

 

Após análise da situação que mudava dia após dia por conta do novo coronavírus, no dia 20 de março a APAE de Passo Fundo suspendeu as atividades e atendimentos presenciais. Passados dois meses, na última segunda-feira (25), os profissionais retornaram à entidade, no entanto, os atendimentos no local, aos usuários e alunos da Escola Especial Sorriso de Amanhã seguem suspensos.

Os funcionários alocados em suas políticas (Saúde, Assistência Social e Educação), todavia, atenderão pela modalidade de teleatendimento, ou seja, manterão contato via chamada de voz e de vídeo. Além disso, os profissionais de educação, como já vinha sendo realizado, encaminharão atividades e sugestões de recreação também por telefone, redes sociais e impressos.

 

Novos desafios

Para a presidente da APAE, Maria do Carmo Ortolan Grazziotin, o momento é de revisão e adaptação das atividades e dos atendimentos. “O momento é delicado para todas as áreas e reinventar, talvez, seja a palavra do momento em todos os setores. A pandemia nos trouxe muitos medos, angustias e obstáculos, mas de uma coisa temos certeza: a APAE vai continuar”, destaca.

Segundo ela, os profissionais da entidade serão instigados a levar o conhecimento e usarem de suas capacidades para chegarem “do outro lado”. “Iremos, juntos, fazer um trabalho até então desconhecido; chegarmos aos usuários de uma forma nova, mas que possamos passar mensagem de esperança e otimismo. Trabalhar em um novo formato até que tudo volte a ser possível, presencialmente, como antes, sem deixar de oferecer o nosso melhor para despertar neles seus talentos e autonomia”, salienta Maria do Carmo.

 

Foto: Felipe Souza/Ascom APAE

Leia Também Codepas faz ações de higienização e prevenção do coronavírus Moradores do Bairro Victor Issler estão sem água desde domingo Bairros de Passo Fundo registram alagamentos Camelôs trabalham com possibilidade de retomada de atividades na próxima segunda-feira