Feira do Produtor reabre nesta segunda-feira com várias restrições

Compartilhe

A Prefeitura de Passo Fundo publicou um novo decreto para regulamentar o funcionamento de feiras de alimentos da agropecuária e da agricultura familiar, respeitando os cuidados para o enfrentamento do coronavírus.

As feiras de produtos agropecuários e da agricultura familiar em locais previamente autorizados pelo Poder Público poderão retomar as atividades. A Feira do Produtor, no Parque da Gare, terá novo horário, das 7h às 17h. Ela poderia funcionar nesta segunda-feira e nos quatro sábados do mês de junho. 

Os seguintes requisitos devem ser seguidos:
a) Todos os trabalhadores e frequentadores dos estabelecimentos autorizados deverão, obrigatoriamente, usar máscaras de proteção, assim como adotar as práticas de higienização já previstas, ficando vedado o atendimento a cliente que não esteja usando máscara de proteção;
b)  Aos estabelecimentos fica permitido o atendimento com equipe reduzida de trabalhadores, na proporção de até 50%, ficando vedada a manipulação de produtos e dinheiro ou cartões de forma simultânea;
c) Para o atendimento deve ser observado o distanciamento entre trabalhadores e clientes em no mínimo 2 metros e 1,5 metro no caso de filas, sendo obrigação dos feirantes a correta orientação sobre as filas;
d) É obrigatória a observância da higienização de aparelhos e superfícies de toque;
e) É obrigatório que os ambientes estejam arejados;
f) É vedado o consumo no local de produtos alimentícios e bebidas produzidos nas feiras;
g) Fica vedada a colocação de bancos, sofás, poltronas, cadeiras e mesas para alimentação nas áreas comuns das feiras;
h) É obrigatório afixar na entrada do estabelecimento e em local de fácil visualização a capacidade máxima de atendimento ao público, assim como a íntegra do decreto;

Continua vedada a abertura e o funcionamento de quaisquer estabelecimentos serviços que não estejam expressamente previstos no decreto tais como teatros, museus, centros culturais, bibliotecas e cinemas, casas noturnas, pubs ou similares, entidades tradicionalistas, entidades de representação sindical ou de categorias, brinquedotecas, espaços kids, playgrounds, espaços de jogos, exposições públicas ou privadas, congressos e seminários, entre outros.


Fotos: Marcelo Albuquerque (Planalto News)  


Leia Também Cooperativismo que supera desafios e continua avançando Expointer 2020 é suspensa por organizadores Prazos do Funrural voltam a contar a partir desta terça-feira Ameaça dos gafanhotos: declarado estado de emergência fitossanitária