Declarado novo surto de ebola na República do Congo

Compartilhe

Um novo surto de ebola foi declarado, nesta segunda-feira (1º), na República Democrática do Congo (RDC), informou a Organização Mundial de Saúde (OMS). Segundo o governo, 6 casos da doença, que incluem 4 mortes, já foram detectados.

Os novos casos estão ocorrendo em Mbandaka, na província de Équateur, no oeste da RDC. O país, que fica no centro da África, também enfrenta a pandemia de Covid-19 e o maior surto de sarampo do mundo. Outro surto de ebola, anterior, está em fase final no leste do país, segundo a OMS.

Mbandaka também teve outro surto de ebola, o nono do país, de maio a julho de 2018, que matou 33 pessoas. Com o anúncio desta segunda-feira, este passa a ser o décimo primeiro surto de ebola na RDC desde que o vírus foi descoberto lá, em 1976.

"Está acontecendo em um momento desafiador, mas a OMS trabalhou nos últimos dois anos com as autoridades de saúde, o CDC da África e outros parceiros para fortalecer a capacidade nacional de responder a surtos", disse a médica Matshidiso Moeti, diretora regional da OMS para a África.

A região onde está ocorrendo o surto é próxima da fronteira com a República do Congo (também conhecida como Congo-Brazzaville, ou, simplesmente, Congo). Segundo a OMS, é esperado que a RDC tenha surtos de ebola, dada a existência do vírus em animais em muitas partes do país.

Entre 2013 e 2016, uma epidemia de ebola no oeste africano (principalmente na Guiné, Libéria e Serra Leoa matou 11,3 mil pessoas.


Fonte: G1

Foto: TV Bursada Bugun

Leia Também STJ autoriza prisão domiciliar para Fabrício Queiroz e esposa Grito é proibido em montanha-russa para evitar o coronavírus Rodovia é liberada em Cruz Alta e ponte ainda vai receber novas obras APAE de Passo Fundo entre as contempladas com verbas de emendas parlamentares