Convênio entre Hospital de Clínicas e Governo Federal permitirá a aquisição de novo equipamento de ressonância magnética

Compartilhe
O assessor especial do Ministério da Cidadania, Patric Cavalcanti anunciou durante reunião com a direção administrativa e médica do HC na manhã desta segunda-feira (01) a liberação de recursos para o Hospital de Clínicas (HC) de Passo Fundo. O convênio no valor de R$ 5,5 milhões será destinado para a aquisição de novo equipamento de ressonância magnética e havia sido firmado no final de 2019 pelo Ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, através do então vereador e atual assessor especial do Ministério da Cidadania, que intermediou a viabilidade do recurso junto ao HC e ao Governo Federal.

O Ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni enfatizou a importância da aquisição do novo equipamento para a população. “O governo federal tem sido incansável no atendimento das demandas da saúde dos brasileiros. A liberação desse recurso para o aparelho de ressonância magnética, que foi uma reivindicação da comunidade de Passo Fundo para melhor equipar o Hospital de Clínicas de Passo Fundo, me deixa bastante feliz porque, desde o início, acompanho muito de perto todo o processo. E ver que estamos fazendo o que estava no projeto de governo do presidente Bolsonaro - cuidar da saúde da população - é um alento que nos impulsiona a mais e mais trabalharmos para que todos os brasileiros, assim como a população aí, da região de Passo Fundo, possam ter amparo e atenção.” ressaltou Onyx Lorenzoni.

O novo equipamento de ressonância magnética ampliará a disponibilidade deste recurso de diagnóstico e tratamento para mais de 150 municípios que integram cinco  Coordenadorias Regionais de Saúde da região de abrangência do Hospital de Clínicas.

Leia Também Abertas as inscrições para o curso Técnico de Enfermagem do HSVP Prefeitura reforça em reunião que não há proibição a qualquer medicamento em Passo Fundo Hospital de Clínicas recebe três respiradores para enfrentamento ao coronavírus Secretaria de Interior alerta para a importância do consumo de produtos de origem animal inspecionados