A roupa da vizinha

Postado por: Adalíbio Barth

Compartilhe

Todas as vezes em que a vizinha lavava a roupa, as observações vinham logo:

- Querido, veja só a roupa da nossa vizinha! Como está amarela! Será que eles não têm sabão para lavá-las? Ou será ela muito relaxada?

O marido não falava nada.

Passados alguns dias, com nova exposição de roupas no varal da vizinha, os comentários continuavam os mesmos.

Certa manhã, porém, ao levantar, grande foi a surpresa da caprichosa dona de casa. Constatou que a roupa da outra estava numa incomparável brancura. Então comentou com o marido que, finalmente, a vizinha havia comprado sabão e conseguira deixar os seus lençóis mais brancos do que a neve.

Ele, no entanto, sem demonstrar nenhuma admiração, respondeu:

- Não, querida! É que hoje levantei mais cedo e lavei as vidraças de nossa casa.

Leia Também “A minha alma engrandece o Senhor!” Semana Nacional da Família Os cegos e os elefantes RABISCOS SEMANAIS: Coração de Estudante