Alerta de gafanhotos na Argentina gera preocupação e pode chegar no RS

Compartilhe
Senasa/Divulgação   Senasa/Divulgação 
O Serviço Nacional de Saúde e Qualidade Agro-Alimentar (SENASA), do governo da Argentina, aumentou o nível de alerta de “ameaça” para “perigo” na província argentina de Corrientes que faz fronteira com o Oeste do Rio Grande do Sul devido a uma nuvem de gafanhotos que surgiu ainda em maio no Paraguai e avança para Sul pelo território argentino. 
A última posição da nuvem de gafanhotos informada pelas autoridades argentinas, na noite desta segunda-feira, indicava que a praga atuava na localidade de Perugorría, na província argentina de Corrientes, cerca de 200 quilômetros a Oeste de Uruguaiana. Segundo a SENASA, a tendência é que hoje a nuvem se deslocasse para Sul em direção à província argentina de Entre Rios e não para Leste rumo ao Brasil. 

A trajetória dependerá muito das condições do tempo na região, para onde se prevê hoje mais uma jornada quente e com vento Norte moderado a forte. 


O Paraguai tem enfrentado nos últimos anos problemas com gafanhotos, especialmente a região do Chaco, e com o tempo e seco deste ano os técnicos acreditam que a praga tenha avançado para Sul. 


Fonte: Metsul Meteorologia

Leia Também Coprel Telecom inaugura loja no Shopping da Praça Movimentação começa tranquila no domingo de votação em Passo Fundo Domingo de eleições, domingo de completa cobertura na Planalto News! Passo Fundo possui mais de 149 mil eleitores aptos a votar neste domingo