Mario Frias tem posse discreta como secretário especial da Cultura

Compartilhe
O ator Mário Frias tomou posse nessa terça-feira (23) como secretário especial de Cultura na gestão de Jair Bolsonaro (sem partido). Frias ocupa o lugar antes comandado por Regina Duarte.

A posse de Frias, diferentemente da de Duarte, que contou com evento e área reservada para fãs, foi discreta. Uma imagem da ocasião foi publicada pela conta do Ministério do Turismo no Twitter.  "Bem-vindo! Vamos juntos", escreveu o ministro Marcelo Álvaro Antônio.

A nomeação, publicada na sexta-feira (19), ocorre um mês após Frias receber o convite do presidente para substituir Duarte na Secretaria Especial da Cultura. 

Desde o início do mandato de Bolsonaro, em janeiro de 2019, a Secretaria Especial de Cultura já trocou de titular em quatro oportunidades. Além de Duarte, também passaram pelo cargo nos últimos 18 meses José Henrique Pires, Ricardo Braga e o dramaturgo Roberto Alvim.

A Secretaria Especial de Cultura foi criada por Bolsonaro após a extinção do Ministério da Cultura, criado em 1985. Inicialmente, o órgão seria ligado ao Ministério da Cidadania, mas foi transmitido para a responsabilidade do Turismo em novembro do ano passado.

*R7

Leia Também Deputado Bibo Nunes é condenado a indenizar Jean Wyllys Vereadores: audiência pública virtual debate receitas e despesas para 2021 Ministro Marcos Pontes tem resultado positivo para Covid-19 e fará tratamento com antiparasitário Deputados aprovam MP que permite saque extraordinário do FGTS durante pandemia