Desentendimentos geram conflitos entre indígenas em Água Santa

Compartilhe
Um desentendimento pela liderança no Posto Indígena Carreteiro de Água Santa, está ocasionando confrontos com armas de fogo, pedras e já algumas casas queimadas. Um grupo não aceita o atual Cacique, Getúlio Daniel, e está se rebelando.

A entrada e saída da área indígena está bloqueada. Há informações de que o Cacique levou um tiro na perna e que os atiradores estariam escondidos no mato. Os moradores que clamam pela paz aguardam uma ação efetiva da Funai, Polícia Federal e órgãos competentes.

Atualmente moram na área cerca de 90 famílias.

Fonte: Tapejara Agora

Leia Também Acidente de trabalho com morte é registrado em Marau Barco é levado por assaltantes em arrombamento a propriedade de Nicolau Vergueiro O ‘Gigante do Norte’, CRPO/Planalto, comemora 46 anos em Passo Fundo Megaoperação é deflagrada contra facção criminosa no Rio Grande do Sul