Pessoas em situação de vulnerabilidade são encaminhadas de volta para municípios de origem

Compartilhe

As ações da Secretaria de Cidadania e Assistência Social da Prefeitura de Passo Fundo acontecem diariamente. A busca ativa, realizada através do Serviço Especializado de Assistência Social, é uma das ferramentas que tem o objetivo de encaminhar pessoas em situação de rua, seja para os serviços que o município oferece, para internação ou para a família.

No caso de pessoas que são de outros municípios, após o atendimento básico, de acordo com a necessidade de cada um, o encaminhamento é feito de outra forma, como explica a secretária da pasta, Elenir Chapuis. 

Desde março, foram encaminhadas 89 pessoas em situação de rua para suas cidades de origem e realizadas 30 internações. Atualmente, Passo Fundo tem entre 40 e 50 pessoas em situação de rua.

As internações, através da Secretaria de Saúde, ocorrem porque a grande maioria desse público tem vínculo com drogas e álcool e problemas de saúde mental.
Aqui, além da busca ativa, os serviços ofertados são a Casa de Passagem, que oferece banho e refeição, e o Centro Pop, no momento, devido à pandemia, realiza atendimento técnico e encaminhamentos.

Leia Também Edifício Gralha: proprietários e associação de moradores fazem ação para segurança do prédio Passo Fundo Shopping abre lojas no sistema take-away Fórum segue sem atendimento presencial em Passo Fundo Moradores vão opinar sobre nome de novo bairro em Passo Fundo