Cooperativismo que supera desafios e continua avançando

Compartilhe

O ano de 2020 deve ficar marcado na história como um período de reforço da importância do cooperativismo. Especialmente no Rio Grande do Sul, onde além da pandemia do coronavírus os agricultores tiveram o impacto da seca, que reduziu em 47% a produção de soja e 30% a de milho. 

Produtores como Paulo Elmar Penz, que, em grande parte da área de soja, cultivada em 1.600 hectares, colheu entre 9 e 25 sacas/hectare. Mas que, por serem cooperativistas, estão superando os desafios impostos pelo clima e, otimistas, seguem trabalhando e projetando um futuro de resultados melhores. 

Ele é um dos 7,8 mil associados da Cotrijal, cooperativa que atua em 32 municípios da região Norte do Rio Grande do Sul com um trabalho diferenciado dentro e fora da porteira. “A segurança é o ponto forte da nossa cooperativa”, afirma Penz.

Associado desde 1986, graças ao seguro personalizado que contrata na Cotrijal todos os anos, conseguiu cobrir os custos de produção, do plano e do arrendamento. “Foi a salvação neste ano. Garante segurança para o produtor e para a cooperativa”, revela.

“Trabalhamos pelo coletivo”, diz o presidente da Cotrijal, Nei César Manica, enfatizando que o seguro é uma das facilidades que a cooperativa oferece aos seus associados. “Muitos agricultores enfrentaram dificuldades em função da seca e, graças a nossa solidez e ao bom relacionamento com as instituições financeiras, conseguimos dar todo o suporte aos que trabalham o ano todo com a cooperativa, renegociando dívidas, ajustando prazos”, informa.

O vice-presidente, Enio Schroeder, ressalta que o verdadeiro cooperativismo se faz na prática. “Trabalhamos para que nosso associado tivesse tranquilidade para seguir na atividade. É importante dizer que a cooperativa só é forte porque tem um quadro social fiel, que caminha conosco na mesma direção”, pontua.

Ouça o boletim com o presidente Nei César Manica e o vice-presidente Enio Schroeder

Especial cooperativismo – A edição de julho do Jornal da Cotrijal, que circula nos próximos dias, traz reportagem especial sobre o Dia Internacional do Cooperativismo. Um dos produtores entrevistados é Paulo Elmar Penz.


SUCESSO COLETIVO

O espírito cooperativista representado em apenas duas palavras: sucesso coletivo. Esse é o conceito da nova campanha institucional da Cotrijal, em comemoração ao Dia Internacional do Cooperativismo. 

O objetivo é sintetizar as lutas, as decisões e a participação de todos em busca de objetivos em comuns, homenageando aqueles que são responsáveis por esse sucesso: associados, colaboradores, fornecedores e clientes. A primeira peça da campanha destaca que esse sucesso é feito a 15,6 mil mãos, pelos 7,8 mil associados.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Cotrijal

Leia Também Holding de Passo Fundo vence a licitação para plantação na fazenda da Brigada Militar Nitrato: especialista fala à Planalto News se existe temor de explosão em adubos Contas de luz da Coprel ficarão mais baratas Receita Federal de Passo Fundo apresenta relatório final da 1ª Fase da Operação DeclaraGrãos