Bolsonaro veta uso obrigatório de máscara em prisões

Compartilhe
Foto: Isac Nóbrega / PR / Divulgação   Foto: Isac Nóbrega / PR / Divulgação 

O governo federal publicou nesta segunda-feira (6) uma retificação à lei que trata do uso obrigatório de máscaras no país, incluindo dois vetos ao texto. Segundo o despacho no Diário Oficial da União, assinado pelo presidente Jair Bolsonaro, fica vetada a obrigatoriedade do uso de máscara em prisões e em estabelecimentos de cumprimento de medidas socioeducativas. Também não será necessária a colocação de cartazes em estabelecimentos comerciais abertos durante a pandemia que informem sobre o uso de máscara e a capacidade limite do local.

De acordo com o texto sancionado por Bolsonaro na sexta-feira (3), os brasileiros devem usar máscara em espaços públicos e privados acessíveis ao público. No entanto, Bolsonaro vetou trechos da lei, não obrigando o uso em igrejas, escolas e estabelecimentos comerciais.
Apesar da determinação federal, é preciso usar máscara caso haja legislação estadual ou municipal que obrigue o uso. De acordo com decisão do Supremo Tribunal Federal, estes locais têm autonomia para adotar as medidas que acharem necessárias para combater a pandemia de coronavírus.

*R7

Leia Também Ministro-chefe da Casa Civil afirma que teste de Covid-19 deu positivo Qual o verdadeiro número de mortos pela Covid-19 em Passo Fundo? Coronavírus: Passo Fundo chega a 3269 recuperados Estado recebe 34 pedidos de reconsideração da bandeira vermelha