Grito é proibido em montanha-russa para evitar o coronavírus

Compartilhe

Andar em uma montanha-russa é uma experiência marcante, mas vai ser ainda mais para os visitantes do parque Fuji-Q Highland, nas proximidades de Tóquio, capital do Japão. Agora,as pessoas devem usar máscaras e não podem gritar nas montanhas-russas para não espalhar o novo coronavírus. 

Apesar de encorajar que as pessoas sigam a regra, o Fuji-Q Highland, que existe desde 1968 e tem sete montanhas-russas, não prevê punições para quem descumprir a orientação. Em resposta a sugestões de que era impossível não gritar, o parque divulgou um vídeo de duas pessoas em silêncio no brinquedo.

A orientação para os visitantes é de "gritar com o coração" e ter um rosto sério nas fotos feitas durante o percurso. De acordo com a BBC, os visitantes podem ainda compartilhar a foto com a hashtag #KeepASeriousFace (mantenha um rosto sério) e participar de um desafio no qual concorrem a entradas grátis.

Apesar de encorajar que as pessoas sigam a regra, o Fuji-Q Highland, que existe desde 1968 e tem sete montanhas-russas, não prevê punições para quem descumprir a orientação. Em resposta a sugestões de que era impossível não gritar, o parque divulgou um vídeo de duas pessoas em silêncio no brinquedo.

Tóquio teve 224 novos casos de covid-19 nesta quinta-feira, 9, um um novo recorde diário desde o início da crise. 


Fonte: Terra/BBC

Foto Ilustrativa: Dicas da Disney

Leia Também Comentário de João Altair (10/08) Projeto Passo Fundo, 163 Anos - Minha Terra, Minha Paixão: confira os registros de cobertura histórica das Rádios Planalto Sorteio no Facebook das Rádios Planalto: "Eu e minha casa serviremos ao Senhor" Reassentamentos: famílias originárias da Reserva Indígena Serrinha recebem registro de propriedade