Número de recursos de prefeituras pedindo revisão de bandeiras cai pela metade

Compartilhe

Após o prazo de 36 horas, o governo do Estado recebeu 63 pedidos de reconsideração da classificação preliminar da décima rodada do Distanciamento Controlado. Municípios e associações regionais tinham até as 6h desse domingo (12/7) para formalizar os recursos.

A região de Passo Fundo voltou para a bandeira vermelha, depois de na segunda-feira passada o governador Eduardo Leite aceitar o recurso, definindo a classificação laranja.

A partir de agora, os dados e justificativas apresentados serão analisados para que, na segunda-feira (13/7), o Gabinete de Crise tome a decisão e divulgue o mapa definitivo vigente a partir de terça (14).

Nesta rodada, o Estado atingiu maior número de bandeiras vermelhas desde o início do Distanciamento Controlado, em 10 de maio. Conforme o mapa divulgado na sexta-feira (10/7), 15 regiões foram classificadas com risco epidemiológico alto da Covid-19. As cinco restantes ficaram com bandeira laranja (risco médio).

No entanto, não foi a semana em que o governo recebeu o maior número de recursos. No dia 28 de junho (oitava rodada), haviam sido 67 pedidos. Na semana passada, 37 e, em 21 de junho, primeira vez em que o Estado abriu esta instância recursiva, foram feitas 30 solicitações.


Leia Também Qual o verdadeiro número de mortos pela Covid-19 em Passo Fundo? Ministro-chefe da Casa Civil afirma que teste de Covid-19 deu positivo Coronavírus: Passo Fundo chega a 3269 recuperados Estado recebe 34 pedidos de reconsideração da bandeira vermelha