Dr. Adroaldo Mallmann: "a bandeira vermelha é muito rigorosa e penaliza a população"

Compartilhe
A adoção do sistema de bandeiras no programa de distanciamento controlado do governador estadual do Rio Grande do Sul divide as opiniões e tem recebido muitas críticas de vários segmentos, especialmente por impedir o funcionamento de segmentos que geram empregos. O governador Eduardo Leite tem afirmado que o mais importante é defender a vida, em função da pandemia de coronavírus. Embora seja  o pensamento de todos, há o entendimento de que não fechando o comércio que os resultados serão alcançados.
Opinando sobre o assunto em entrevista à Rádio Planalto News (FM 92.1), o doutor Adroaldo Mallmann, diretor técnico médico do Hospital São Vicente de Paulo e integrante do Comitê de Orientação Emergencial (COE) disse que o critério das bandeiras apresenta uma condição muito rigorosa e penaliza a população. "Nós precisamos continuar vivendo, enquanto os cuidados são adotados".
Mesmo assim, Mallmann considera que a população precise fazer a sua parte para que a situação se reverta. "Hoje não é possível ter a certeza de que poderemos ter as reuniões de família para os festejos de final de ano", lembrou o médico, ressaltando que não se pode admitir o que aconteceu no último final de semana em Passo Fundo, quando festas e aglomerações tiveram que ser interrompidas. "Podemos ir a mais de 100 dias de covid-19, pois não vai acabar de uma hora para outra", afirmou.
Sobre o grande número de mortes, 56 até a terça-feira no município, segundo o dr. Adroaldo Mallmann, as pessoas que faleceram tinham problemas de saúde e tiveram complicações com o coronavírus. Eram pessoas do grupo de risco, na sua imensa maioria, destacou o médico. 
Dr. Adroaldo Mallmann também fez referência aos 100 dias do informativo diário do Hospital São Vicente de Paulo, com  a equipe trabalhando de forma incansável para atender à população nessa pandemia.

ACOMPANHE A ENTREVISTA (ÁUDIO)

Leia Também Secretaria Municipal de Saúde comunica mais dois óbitos em decorrência da Covid-19 em Passo Fundo Secretário adianta pontos da estratégia de vacinação para Covid-19 Mais cinco centros no Brasil iniciam testes com vacina chinesa Ministério Público Federal pede a pastor indenização por anúncio de falsa cura da Covid-19