Você se conhece de verdade?

Postado por: Élvis Mognhon

Compartilhe

Ao longo da nossa vida muitas vezes somos interpelados pela pergunta: Quem é você? Na grande maioria das vezes nossas respostas são superficiais e triviais. Respondemos de um lugar, de um ponto de vista, a partir das relações que estabelecemos e do mundo que conhecemos. Muitas vezes não paramos para pensar adequadamente na resposta para essa pergunta.

As relações de trabalho que estabelecemos também nos identificam. Muitas vezes associamos ao nosso nome o lugar onde trabalhamos, passando a adotar a empresa inclusive como sobrenome. Ao telefonar para alguém é muito comum iniciarmos por: “é o fulano da empresa tal”. Também é muito comum, nos associarmos às nossas expertises, habilidades e características que nos constituem enquanto seres humanos.

O caminho do autoconhecimento é belíssimo e repleto de novas descobertas a cada passo que damos. Ao acessá-lo nos damos conta de nossa realidade sem máscaras e simulacros. Elementos positivos e negativos, virtudes e defeitos, alegrias e angústias, enfim toda uma gama de emoções, sentimentos e realidades, são desvelados. Algumas vezes nos alegramos com aquilo que descobrimos sobre nós mesmos, por outras precisamos ressignificar (dar um novo significado) às nossas descobertas ou um novo sentido aquilo que nos incomoda, seja mudando comportamentos, atitudes, crenças e pressupostos.

Com o passar do tempo e da vida muitas coisas vão acontecendo conosco. Vamos adquirindo e desenvolvendo experiências diversas. A maturidade dialoga com essa perspectiva, com um maior leque de experiências e vivências, capazes de nos moldar e diferenciar das demais pessoas.

O autoconhecimento também passa pela capacidade de gerar respostas para as nossas dores e sofrimentos a partir de nós mesmos. Seja pelas experiências vividas, pelos construtos racionais ou mesmo pela observação de situações semelhantes. Na grande maioria das vezes, a resposta está dentro de nós, acessá-la é primordial. Nesse sentido, um profissional qualificado pode auxiliar muito na busca dessas respostas. A Psicologia tem ferramentas muito adequadas para auxiliar nesse processo.

** O leitor poderá enviar sugestões, dúvidas, questionamentos sobre o tema para o e-mail: emognhon@gmail.com Para agendar atendimentos clínicos utilizar o WhatsApp (54) 99983 9966.

 

Leia Também Eu e minha casa serviremos ao Senhor! (Josué 24,15) Semana Social Brasileira: terra, teto e trabalho – 2 Quem é Jesus para você? RABISCO SEMANAL: Jovem, in persona christi