Após cobrar bicheiros, facção "Os Manos" ameaça garotas de programa e donos de boates em Ijuí

Compartilhe
Após a divulgação de que a facção "Os Manos" estaria ameaçando matar bicheiros em Ijuí, caso estes não dividissem os lucros, foi constatada uma situação mais complexa e abrangente. Donos de pousadas e casas de prostituição também relataram ameaças constantes.

Caso não paguem R$ 200 por semana, a ameaça é de que os estabelecimentos serão queimados. A situação também envolve garotas de programa, nas proximidades dos trevos da BR-285. Para elas, conforme relatos, é cobrado um valor diário de R$ 30 para cada uma.

Em reportagem reproduzida do rádio local, Jornal da Manhã, uma vítima, que é dono de um estabelecimento, revelou como ocorreram as abordagens por parte dos criminosos. Sua identidade não irá ser revelada. Na entrevista, em áudio, a voz foi distorcida para que não houvesse o reconhecimento.

“Chegaram em quatro homens, em um carro Escort, sem placas, e exigiram dinheiro. Enquanto um desceu para falar comigo, os outros ficaram no carro. Todos estavam armados. Eu disse que não iria pagar, aí eles falaram que colocariam fogo em nossas coisas e que a polícia não se mete com eles.”
Em mensagens que teriam sido enviadas à uma prostituta e que a reportagem teve acesso, um homem disse cobrar uma taxa, para fazer uma espécie de segurança das garotas de programa.

“O Tiago (que seria um cobrador) vai ‘tá’ passando em ‘tudo’ ali e vai marcar um horário com vocês. Ele só vai nos horários que têm para recolher (dinheiro) e vai ficar dando auxílio. A hora que der algum problema com vocês, é só me avisar, que os ‘guri’ vão estar sempre ‘na volta’ para a segurança de vocês. Já vou ir nele para ele ir bem mais na manha, na educação da próxima vez”, falou um homem em mensagem de áudio pelo WhatsApp.

Conforme reportagem divulgada na quinta-feira, a facção também estaria ameaçando bicheiros no município de Ijuí.

 A reportagem teve acesso a alguns áudios de WhatsApp, que supostamente teriam sido enviados por um membro da facção, em que cobra um percentual do valor sobre a realização do Jogo do Bicho. Conforme a Brigada Militar, após trocas de informações com a PRF, indivíduos que estavam em Ijuí e teriam ameaçado pessoas na manhã de quarta-feira, foram abordados na BR-386 em Lajeado. Eles foram identificados e liberados. Nenhuma arma foi localizada no carro.

Fonte: ClicJM

Leia Também Homem corre com facão atrás de ex-genro em Passo Fundo MP denuncia seis pessoas por envolvimento em assalto com morte em Feliz Brigada Militar prende casal com pés de maconha e outras drogas em Passo Fundo Treze pessoas morrem em acidente entre caminhão e van em Minas Gerais