Liberdade. Formação. Informação e Cidadania

Postado por: Neuro Zambam

Compartilhe

A história é construída pela atuação de pessoas, instituições e inúmeras iniciativas em diferentes áreas da sociedade. Com seus talentos, estruturas, recursos e formas de participação veem a realidade mudar, novos atores sendo integrados e, num processo de permanente evolução, em cada gesto ou marca constroem a identidade das grandes obras.

O ano de 2014 é emblemático para a Fundação Cultural Planalto. São 45 anos de história.

“Deus” foi a primeira palavra pronunciada ao microfone. Paulo Farina foi o responsável pelos primeiros passos e decisões, certamente quem melhor conhece essa trajetória. Dom Cláudio Colling o seu idealizador e líder. Ercília Venturini foi quem ofereceu o suporte administrativo. Gentil e Maria Belloni, João Adria, Jocelina Almeida, Brasil Carvalho e os que atualmente estão conosco continuam marcando cada período com seu trabalho, ideias e características.

Em outras emissoras, profissões e lugares estão colaboradores com a marca e a espiritualidade da Fundação Cultural Planalto. Mais do que uma lembrança de um período de trabalho, é a certeza de terem passado por uma instituição cristã que tem como centro da sua missão a valorização da dignidade humana.

Nossa prece e lembrança se voltam para aqueles que já partiram. O testemunho de vida, fé, idealismo, trabalho e conquistas impulsionam para que enfrentemos com vigor, sempre renovado, os desafios da atualidade.

O passado de conquistas e o presente complexo, desafiador e impregnado de oportunidades, juntamente com os incontáveis exemplos de superação, nos ajudam a entender os desafios da nossa época e a desenvolver as estratégias necessárias para enfrentar cada momento.

A missão de formar e informar orientados pelos valores cristãos, pelo ensino da Igreja, pelo compromisso cívico e com os direitos humanos e inseridos numa sociedade em permanente transformação desafiam para o aprofundamento da Identidade Católica, à promoção da dignidade humana e à comunicação plural, republicana e comprometida com a verdade.

Convidamos a todos para irmanados empreendermos mais um período de boas obras. A capacidade de reinventar-se cotidianamente nos anima a vencermos cada desafio.

Nossa Senhora Aparecida interceda por todos!

 

Leia Também O que devo fazer para modificar ou ampliar a minha atividade já licenciada? Lendas, histórias e estórias A amizade é algo humano e divino! Esquerda e direita – saudades e compromisso