Semana da Vida Consagrada: uma importante reflexão

Compartilhe
Dentro do Mês das Vocações (Agosto), estamos vivendo a Semana dedicada à Vida Consagrada. Assim, uma importante reflexão é feita pela irmã Rosani Andréa Weber, das Irmãs Ursulinas. Acompanhe:

"O chamado de Jesus é gratuito. Todo chamado implica em mudar de vida, crer na Boa Nova, deixar tudo e seguir o caminho de Jesus. O amor pela missão faz assumir o chamado sem medo de perder as seguranças baseadas nos bens, no conforto e nas convivências. Sentir o chamado do Senhor a vida religiosa, foi o começo de uma nova vida, ouvir a voz do coração, silenciar e escutar os apelos do Senhor no contexto em que se está inserido. A consagração religiosa é uma eleição da ação divina. Se Ele chama, é porque ama, no entanto, encontrar-se com o Amor é algo que não apenas lhe transforma, mas que pode alterar todo o curso de sua vida. Posso dizer que não apenas me encontrei com Alguém, como me apaixonei por este Deus de uma maneira até então nunca experimentada. Os meus sonhos, que pareciam ser tão grandes, tornaram-se insignificantes quando comparados ao plano que Deus traçou para mim. Como disse nosso fundador Padre Zefirino Agostini: “Deus te ama, laça-te nos seus braços e deixa que Ele disponha da tua vida. Deus é o tudo e o tudo é Deus”. Somos chamados a responder cada dia a nossa vocação reconhecendo que tudo é dom, tudo é graça, não é mérito da pessoa humana, é dom de amor que recebemos na gratuidade e bondade do Senhor. Mas ao mesmo tempo também é resposta da pessoa, pois, próprio por ser amor o Senhor não nos obriga, mas conta sempre com o nosso sim. É este amor que me faz querer viver sempre mais a vida fraterna e a unidade com cada um dos irmãos e irmãs na missão. Como Irmã Ursulina Filha de Maria Imaculada, resido atualmente na cidade de Alto Garças MT e realizo minha missão com as famílias e adolescentes que atendemos nos projetos sociais e na pastorais da Paroquia de São Sebastiao daquela cidade de modo particular na catequese, liturgia e grupo de jovens. Posso dizer que vale a pena doar a vida ao serviço da Igreja. Pois, este doar a vida por amor aos irmãos, não tem preço, o que se recebe gratuitamente do SENHOR é muito maior, é infinito, o seu Amor é eterno por min e por cada criatura. É muito bom poder sentir que: “Desde toda eternidade o Senhor me amou, me consagrou e enviou” (Is 43,13)".

 Ir. Mª Rosani Andréa Weber http://www.ursulinas.com.br

Leia Também Fim de semana com homenagens a São Miguel: 149 anos de fé em Passo Fundo Cáritas Arquidiocesana promove Bazar Solidário Ibiaçá: vandalismo é registrado no Santuário de Nossa Senhora Consoladora Romaria Arquidiocesana de Nossa Senhora Aparecida não será realizada em 2020