Seres humanos e outros animais: uma questão de reverência

Postado por: Nei Alberto Pies

Compartilhe


 

Sofri duras repreensões de uma colega professora ao afirmar, num pequeno diálogo, que não gosto de conviver com certos animais dentro de casa como cachorros e gatos.  Ao que tenho a dizer: não gostar de conviver com animais não significa maltratá-los ou concordar com sofrimento ou sacrifício dos mesmos. Não gostar de conviver com animais também não significa desrespeitar os sentimentos de quem gosta de conviver com eles.

Eu prefiro a reverência aos animais, ou seja, um sentimento de profundo respeito e consideração por eles. Respeitá-los em seu habitat ou considerar que os mesmos não precisam dividir os mesmos espaços com os humanos, faz parte desta reverência. Ou ainda, manter uma certa distância dos animais para que os animais não substituam os seus instintos pelas características e qualidades humanas.

Conforme dicionário (versão digital), reverência é veneração pelo que se considera sagrado, por extensão, profundo respeito por alguém ou algo, em função das virtudes, qualidades que possui ou parece possuir; consideração; deferência.

Monja Coen, em um belo vídeo, traz uma reflexão bem próxima com esta que faço aqui, com a qual tenho muita concordância, sobretudo quando afirma que os seres humanos não são superiores, mas muito mais complexos e diferentes. Diz ainda: seres humanos são livres e cuidadores e o fato de apreciar outras espécies não nos torna nem superiores e nem inferiores, mas uma condição diferenciada.

(Vídeo de Monja Coen: O que diferencia o ser humano dos demais animais?) https://youtu.be/vWJabljQkaA?t=127

 

SUBSÍDIOS DE PEQUENOS VÍDEOS:

1.       Conheça também esta matéria onde uma família passou a tratar um cachorro como filho. Veja quais são as consequências para a vida dos animais. Tratar os animais de estimação como ser humano pode ter sérios graves problemas colaterais.

https://youtu.be/YpLQ8QyYCHk?t=79

2.       Nesta série, Christian Dunker pretende responder a algumas dúvidas frequentes relacionadas à psicanálise. No vídeo-pílula de hoje, ele busca na psicologia algumas considerações sobre a diferença na psicologia entre humanos e animais. Vídeo: qual é a diferença entre humanos e animais?

https://youtu.be/vBXOCV1jQus?t=104

 

Autor: Nei Alberto Pies

 

 

Leia Também É perigoso dizer SIM! Livro do Deuteronômio: abre a tua mão para o teu irmão (Dt 15,11) O palhaço do fogo do circo RABISCOS SEMANAIS: Caminhar juntos(as)!