Audiência de conciliação não estabelece acordo e greve dos trabalhadores dos Correios é mantida

Compartilhe

Os trabalhadores dos Correios mantêm a sua greve iniciada no dia 17 de agosto. Havia a possibilidade de  uma conciliação com reunião entre os representantes da Empresa e a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos (Fentect-CUT), através de convocação da ministra Kátia Arruda, do Tribunal Superior do Trabalho (TST).

Entretanto, segundo a categoria, os Correios não atenderam as expectativas. O movimento fica mantido pelo menos até o dia 21 de setembro, quando irá ocorrer o julgamento por parte do TST.

Os trabalhadores segue mobilizados em Passo Fundo. Ontem, dentro de uma atividade solidária, ocorreu doação de alimentos à ONG Amor.

Leia Também Justiça derruba liminar e determina volta dos peritos às agências do INSS Segundo ano sem horário de verão divide opiniões dos brasileiros Sistema do TSE pretende permitir voto pela internet em futuras eleições Centro de Distribuição da Amazon no Rio Grande do Sul abre seleção para 700 vagas