Vereadores aprovam criação do Bairro Alviverde em Passo Fundo

Compartilhe

A Câmara de Vereadores de Passo Fundo realizou a Sessão Plenária Ordinária na tarde desta segunda-feira (21). Foram encaminhados 13 pedidos de providências e indicações, além de analisado o Projeto de Lei 13/2020, de autoria do Executivo, que altera a planta de zoneamento urbano do município.  

Como Orador do Grande Expediente, o presidente do Legislativo, vereador Saul Spinelli (PSB), destacou, entre outros assuntos, a evolução dos trabalhos junto ao Centro Oncológico Infantojuvenil do Hospital São Vicente de Paulo, que tem apoio Legislativo.  Ele também reforçou o convite para o debate sobre “Os desafios no combate à alienação parental”, no próximo dia 30 de setembro, às 19h, que será realizado em uma parceria entre Câmara e Universidade de Passo Fundo (UPF).

Na Ordem do Dia, foram votados e aprovados, por unanimidade, dois projetos de lei (PL), de autoria da Mesa Diretora.

Criação do Bairro Alviverde

Os vereadores aprovaram a criação do Bairro Alviverde, integrando as comunidades do Núcleo Habitacional Luiz Secchi, Berthier, Bela Vista I, Bela Vista II e Pampa. O objetivo é impulsionar o desenvolvimento econômico daquela região. Conforme o projeto, a unificação de vilas, comunidades e loteamentos tem um histórico de sucesso, uma vez que possibilita a realização de estudos técnicos de planejamento do bairro, a longo prazo, além da elaboração de grandes obras que podem vir a beneficiar toda a população do entorno. Outra vantagem é poder direcionar os recursos e políticas públicas que atendam as demandas mais relevantes.

A extensão do novo bairro compreende a intersecção da RS 324, trevo da Caravela até o trevo do bairro Santa Marta, seguindo na Rua João Catapan, desde o referido trevo até a Rua Diogo de Oliveira, no entroncamento com a Rua Morom. Na continuação, passa pela Lava Pés até a sequência com a Bernardino Bento, no Núcleo Habitacional Luiz Secchi.

O nome do novo bairro é uma homenagem ao Sport Clube Gaúcho, clube que faz parte da região há muitos anos. O PL ainda altera a redação da Lei Complementar 131/2004, que estabelece normas e diretrizes para denominação de bairros, vilas e loteamentos, definindo os limites territoriais dos setores demográficos do município, para fins de ordenação e planejamento urbano.

Criação do Parque Linear

A segunda matéria aprovada cria o “Parque Linear Bairro Alviverde”, a ser construído junto ao novo bairro. O objetivo é propiciar à população, especialmente aos moradores daquela região, um espaço integrado de lazer, desporto, interação social e de preservação ambiental.

Conforme o projeto, criar espaços públicos de qualidade é uma forma de assegurar o direito ao lazer. A intenção é também estimular a prática de esportes, de atividades em família e com amigos, contribuindo para uma melhor qualidade de vida e, consequentemente, propiciando ambientes de igualdade social.

O espaço localizado no Núcleo Habitacional Luiz Secchi conta com uma área territorial ampla, que possibilitará a construção de quadras esportivas, canchas de bocha, quiosques, pracinhas, churrasqueiras comunitárias, áreas específicas de preservação ambiental, ciclovia, caminhódromo, entre outros. O parque beneficiará, diretamente, mais de 10 mil famílias.

O novo Parque Linear Alviverde tem início na rua vereador Nervilho Piovesan, chegando à Rua Dalila Melono, com aproximadamente 1,5 km de extensão linear.

Ambos os projetos seguem para sanção do Executivo Municipal.

Foto: Comunicação/CMPF

Leia Também Vereadores aprovam projeto que permite fornecimento de computadores aos estudantes de baixa renda Rádio Planalto News reuniu candidatos a vice-prefeito de Passo Fundo em debate nesta quarta-feira App E-Título garante agilidade para os eleitores em 2020 STF confirma não ser obrigatório portar título de eleitor para votar