Radialista Roque Alberto Troian morre vítima da Covid-19, em Caxias do Sul

Compartilhe

O radialista e comunicador bento-gonçalvense, Roque Alberto Troian, faleceu no início da tarde desta segunda-feira, 28, em Caxias do Sul, aos 56 anos. Troian estava internado na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Geral desde o dia 1º de setembro, em razão do novo coronavírus. Durante a semana passada, o profissional havia apresentado melhora em seu quadro clínico, inclusive sendo retirado o uso de respirador. No entanto, nesta manhã, seu quadro de saúde voltou a se agravar, vindo a falecer.

Conforme o irmão de Troian, Claudio, o comunicador apresentou leve reação na sexta-feira, 25, quando, durante visita virtual, Roque apresentou pequenos gestos. Durante a batalha contra a doença, o comunicador precisou realizar hemodiálise. Segundo Claudio, em razão da covid-19, o radialista sofreu graves sequelas neurológicas ocasionadas pelo vírus.

Roque residia com os pais, que também foram infectados pela doença, mas que conseguiram se recuperar. Entre sua trajetória no rádio e televisão, Roque Alberto encarnava o personagem Tastavin, mascote da Fenavinho, durante a década de 1990.

Segundo a família, não haverá velório e não há informações sobre o sepultamento.

Fonte: Jornal Semanário

Fotos: Cristian Cechin / Divulgação

Leia Também Passo Fundo está há três dias sem registro de mortes por coronavírus Eduardo Leite reafirma: ou voltam as aulas presenciais ou municípios não poderão realizar eventos No Japão, pandemia enfrentada sem confinamento e com incentivos para a recuperação econômica Justiça defere em parte liminar do Cpers para suspender aulas presenciais