A magia de ser criança

Postado por: Élvis Mognhon

Compartilhe


 

Ser criança é mágico. É a fase do desenvolvimento mais propícia à imaginação, à criação e à fantasia. Todos os adultos, um dia já foram crianças. Alguns conservam viva nas suas lembranças essa fase tão importante, outros, porém, podem ter sido forçados a encurtar essa fase devido as necessidades que a vida lhes apresentou.

Ao observarmos uma criança nos damos conta da simplicidade da vida. A inserção na vida adulta nos tira algo espetacular: olhar a vida de forma simples. Muitos testes foram aplicados em adultos e crianças, apresentando resultados muito diferenciados entre esses dois grupos. O adulto tende, em sua grande maioria, a racionalizar mais, problematizando demasiadamente a situação e gerando uma solução por vezes desajustada à demanda.

A criança vive a fantasia da vida. Ela cria castelos e mora dentro deles. A imaginação das crianças é fecunda e prodigiosa. Com o passar dos anos, a imaginação vai se dissipando e nos tornamos adultos por vezes incapazes de pensar fora da “caixinha”. Há diversos fatores que influenciam isso, mas em alguma medida, aos cortes que nos foram feitos na nossa infância.

Certa vez, numa atividade lúdica escolar, com a presença de pais e filhos pude observar algo que marcou a minha experiência humana. A atividade solicitada era para que pais e filhos criassem juntos um cartão de Dia dos Pais. Na sala haviam diversos materiais para o uso e para a confecção do cartão. Percebi durante a atividade que muitos pais tentavam conduzir a confecção do cartão com suas próprias ideias, criticando e não aceitando a ideia dos filhos. Pude perceber o quanto podamos nossos filhos e queremos que eles se enquadrem no nosso mundo, demonstrando nossa dificuldade em acessarmos o mundo dos pequeninos.

A tarefa de educar as crianças nem sempre é simples e exige muito comprometimento dos pais e professores. O adulto precisa estar muito atento, pois as ofertas são tentadoras. Os eletrônicos apresentam uma dicotomia interessante: podem ser considerados grandes aliados ou inimigos. A dosagem é o princípio que deve reger essa relação e o uso adequado, sem excessos, parece ser a solução desse impasse.

Nessa semana em que comemoramos o Dia das Crianças homenageamos esses seres que tornam nossas vidas mágicas e mais felizes. Esses seres que nos dizem o tempo todo que a vida é mais simples do que a conduzimos. Deixemo-nos contagiar pela alegria das crianças. Crianças nunca percam a magia de sonhar, criar e realizar seus objetivos. Feliz Dia das Crianças!

 

** O leitor poderá enviar sugestões, dúvidas, questionamentos sobre o tema para o e-mail: emognhon@gmail.com Para agendar atendimentos clínicos utilizar o WhatsApp (54) 99983 9966.

 

Leia Também Amar é... Sempre é tempo de refletir e discutir politica A oração sincera RABISCOS SEMANAIS: Aprendiz Educar