Hospitais de Passo Fundo recebem R$ 5,1 milhões para combate à Covid-19

Compartilhe

Nenhum gaúcho ficou sem leito durante a pandemia e a taxa de ocupação das UTIs não chegou ao limite mesmo no período mais crítico. Muito disso se deve à ampliação em mais de 100% da capacidade de leitos no Rio Grande do Sul e aos investimentos em saúde pública. Nesta sexta-feira (16/10), mais R$ 36,1 milhões repassados pela bancada federal gaúcha foram distribuídos pelo governo do Estado a 101 hospitais.

Mesmo com a gradativa melhora nos indicadores de saúde e capacidade de atendimento, os recursos são necessários para que os hospitais mantenham os serviços. Pelas regras da Portaria da Secretaria da Saúde (SES) 618/2020, o valor deverá ser usado exclusivamente no combate à Covid-19, para aquisições de medicamentos e insumos, locação e manutenção de equipamentos, reforma para adequação de espaços, contratação temporária de pessoal e de serviços de apoio diagnóstico e tratamento, entre outras despesas de custeio necessárias durante a pandemia.

Em cerimônia restrita no Palácio Piratini e transmitida pelas redes sociais, na manhã desta sexta-feira (16), o governador Eduardo Leite, o vice-governador Ranolfo Vieira Júnior e a secretária da Saúde, Arita Bergmann, anunciaram a destinação tanto dos recursos para a saúde quanto de armamento e coletes para a segurança pública com recursos dos parlamentares federais.

“Tenho muito orgulho de governar um Estado em que a classe política dialoga e define a destinação de recursos conforme as prioridades da sua população. Afinal, depois de eleitos, temos a obrigação de trabalhar conjuntamente, independentemente de diferenças ideológicas. Meu agradecimento especial a todos os deputados federais e senadores gaúchos por compreenderem isso e trabalharem junto conosco para atender à população e fazer do RS um Estado melhor de se viver”, destacou o governador.

Com o novo repasse, a bancada federal já soma R$ 155,2 milhões destinados à saúde pública no RS em 2020, beneficiando um total de 170 hospitais e APAES. De acordo com a secretária da Saúde, graças a esse apoio houve até uma folga de leitos, pois o Estado conseguiu ampliar as vagas de UTI de 933 para 1.882 leitos, um aumento de 102%.

“Com o nosso governo priorizando a saúde de uma lado, desde antes dos primeiros casos de Covid-19 em solo gaúcho, e de outro, com o suporte da bancada federal, chegamos ao dia de hoje comemorando. Por isso, minhas palavras são de agradecimento”, afirmou Arita.

Ainda conforme ela, 100% dos valores repassados pelos parlamentares ao Estado já foram distribuídos aos hospitais e podem ser aplicados no combate à pandemia.

Coordenador da bancada federal, o deputado federal Giovane Cherini destacou que o repasse à saúde e à segurança só foi possível graças à boa aplicação dos recursos no Rio Grande do Sul, porque houve economia em outras licitações e priorização.

“Lá no início da pandemia, retiramos verba de outras áreas e repassamos para combate à Covid, inclusive dinheiro de obras, porque definimos, de forma conjunta, que o mais importante era a saúde. E, hoje, quero reafirmar, em nome dos 31 deputados federais e dos três senadores do RS, trabalharmos por um só Estado, priorizando sempre as demandas da população”, disse Cherini.

Passo Fundo, por exemplo, vai contar com R$ 5,1 milhões divididos entre o Hospital de Clínicas e o Hospital São Vicente de Paulo.


Clique aqui e acesse a Portaria SES 618/2020 com a lista dos 101 hospitais beneficiados e os valores.

Leia Também Estado mantém Passo Fundo na bandeira laranja, mas alerta para aumento de hospitalizações Passo Fundo registra aumento de 168 casos ativos de coronavírus em uma semana Região de Passo Fundo supera os 20 mil casos de Covid-19 Passo Fundo ultrapassa os 8 mil casos confirmados da Covid-19 desde o início da pandemia