Vacina da China chegou ao Brasil: primeiro lote de Coronavac entregue em São Paulo

Compartilhe

O avião com o primeiro lote de doses prontas da vacina Coronavac, vindas da China, chegou nesta quinta-feira (19) ao aeroporto de Guarulhos. O imunizante é testado em estudo em estágio avançado de Fase 3 no Brasil pelo Instituto Butantan.

Ainda neste mês, o Instituto Butantan espera receber 600 litros de matéria-prima da Sinovac para iniciar a produção local da vacina – Covas estima que o instituto será capaz de produzir 46 milhões de doses de vacinas até janeiro.

Dados preliminares dos testes clínicos com a vacina publicados na terça-feira (17) na revista médica The Lancet mostraram que a vacina induziu uma rápida resposta imune, mas o nível de anticorpos produzidos foi menor do que o visto em pessoas que se recuperaram da doença.

Embora os testes em estágios inicial e intermediário não tenham sido desenvolvidos para determinar a eficácia da Coronavac, os pesquisadores disseram que ela pode fornecer proteção suficiente, com base na experiência com outras vacinas e em dados de estudos pré-clínicos em macacos.

As descobertas da Sinovac, publicadas em artigo revisado por outros cientistas na Lancet são dos testes clínicos em Fases 1 e 2 realizados na China, com mais de 700 participantes.


Foto: CNN Brasil 

Leia Também Covid-19: mais dois óbitos de moradores são confirmados em Passo Fundo, total vai a 183 Vítimas da Covid-19: casal morre com menos de 24 horas de diferença em Passo Fundo Prefeitura de Erechim altera decreto e retira medida que previa toque de recolher Coronavírus: registrado óbito de mulher de 73 anos em Passo Fundo