RGE e polícia flagram "gatos" nas instalações de energia elétrica em Passo Fundo

Compartilhe

A RGE, acompanhada da Polícia Civil, executou nesta quinta-feira, dia 19, mais uma inspeção de combate a fraudes e furtos de energia elétrica na cidade de Passo Fundo. Na ação foram encontradas duas ligações irregulares, em um açougue e em um restaurante na cidade. Os estabelecimentos estavam consumindo energia elétrica ilegalmente. A proprietária do açougue foi presa em flagrante pela Polícia Civil. Ela e a proprietária do restaurante responderão por crime de furto de energia elétrica.

A RGE está intensificando a fiscalização para combater fraudes e furto de energia elétrica, visando reduzir as perdas financeiras e, principalmente, os riscos de acidentes com a rede de distribuição e a população. As ligações clandestinas (gatos) e quaisquer outras irregularidades são investigadas permanentemente pela concessionária, através de fiscalização e monitoramento constante. Estas ligações caracterizam furto de energia elétrica, o que é crime. Além de se transformarem em um grande risco de acidente grave com a rede, podendo causar interrupção no fornecimento de energia, ou com pessoas, podendo ser fatais. Para cobrar os valores não pagos por quem furta energia, a RGE faz o cálculo do que foi consumido e emite a fatura. Mas grande parte desse consumo acaba não sendo possível cobrar e os custos são rateados entre todos os demais clientes regulares, conforme estabelece a legislação do setor elétrico. Ou seja, riscos e prejuízos para todos. Por isso a importância de se combater de forma permanente furtos e fraudes.

Sobre a RGE - Responsável por distribuir 66,7% da energia elétrica consumida no Rio Grande do Sul e atender 2,9 milhões de clientes em 381 municípios gaúchos, a RGE é hoje a maior distribuidora da CPFL Energia em extensão territorial e número de cidades atendidas. A área de concessão da companhia, que é resultado do agrupamento das distribuidoras RGE e RGE Sul, realizado em janeiro de 2019, totaliza 189 mil km² de extensão, abrangendo as áreas urbanas e rurais das regiões Metropolitana, Centro-Oeste, Norte e Nordeste do estado.

Os investimentos realizados pela RGE contribuem para o desenvolvimento socioeconômico de locais de fundamental importância para a economia do estado, que vão desde fortes polos turísticos, agrícolas e pecuários, até grandes centros industriais e comerciais, trazendo mais bem-estar, conforto e infraestrutura para a vida de 7,4 milhões de gaúchos.


Créditos: Divulgação/RGE



Leia Também Confirmados nomes para a Secretaria de Habitação e Auditoria Geral do Município Roger Teixeira Borges é confirmado na direção do Hospital Municipal APAE realiza Super Bazar no próximo sábado Pedro Almeida anuncia médica Cristine Pilati como nova secretária de Saúde